Zanello inicia construção de parque industrial em Tapera

Quem transita pela ERS 223, na direção de Passo Fundo, já pode vislumbrar os pilares que sustentarão o pavilhão de 3 mil metros quadrados, da Zanello Máquinas Rodoviárias e Agrícolas Ltda, que produzirá, inicialmente, moto niveladoras e, numa segunda etapa, carregadeiras, retro escavadeiras, rolos compactadores e demais equipamentos voltados à agricultura e à construção civil.

A empresa argentina, que oficializou sua instalação em Tapera no dia 03 de outubro, possui 50 anos de experiência no ramo industrial, com produtos fabricados distribuídos no mundo todo, sempre atuando de forma inovadora, criativa e com qualidade.

Neste período, de 1960 a 2001, a Zanello foi uma das maiores e mais importantes indústrias da Argentina, cuja atuação provocou uma revolução tecnológica na agricultura daquele país, com a produção de uma gama de equipamentos, a maioria projetados pelos irmãos Luiz e Carlos Zanello.

A empresa já teve 1.100 funcionários diretos e 6 mil indiretos, tendo atingido a produção de 100 mil tratores na década de 60/70, atuando num parque fabril de 12 hectares. Quando iniciaram suas atividades a cidade de Las Varijas contava com 5 mil habitantes contra 20 mil de atualmente.

Em 2001, com uma forte crise econômica na Argentina, fruto de uma política que contrariava os interesses da indústria nacional, aliado a problemas familiares, a Zanello encerrou suas atividades, fechando um ciclo de muitas conquistas e de grande influência na mecanização da agricultura portenha.

REINÍCIO – Em 2002, Luiz e Pablo Zanello, pai e filho, dão início a um novo projeto na mesma cidade de Las Varijas. É uma estrutura pequena e 10 anos depois já são 30 empregos diretos e 70 indiretos, transformando-se numa empresa de médio porte, com foco na produção de tratores especiais e moto niveladoras.

Esta é a empresa que vem da Argentina resultante de uma parceria com sócios taperenses, tendo nascido paralelamente às negociações com a Acople, que já está em operação e que também recebeu investimentos estrangeiros.

Hoje, a Zanello está operando nas instalações onde funcionava a Estratégia Agrícola, para produzir, a partir de fevereiro do ano que vem as primeiras patrolas a serem comercializadas no mercado brasileiro. Num primeiro momento, será uma produção de dupla cidadania. Alguns dos componentes, até que a carteira de fornecedores esteja completa, virão da Argentina, para a montagem que será feita toda em Tapera. A estimativa é de produção de 20 máquinas/mês em 2013/14.

Duas patrolas produzidas na Argentina já se encontram em Tapera, objetivando desenvolver mercado e fornecedores. Enquanto seguem as obras de construção do pavilhão, o trabalho de Luiz e Pablo concentra-se na aquisição das máquinas, equipamentos e matéria prima para produzir as primeiras unidades no Município, além de montar a rede de fornecedores e representantes comerciais.

HOMEM DE VISÃO – Luiz Zanello, 72 anos, é o cérebro da Zanello. É um homem simples, tímido e muito emotivo, quando narra as conquistas e os momentos de dificuldades por que passou em sua vida. O próprio filho, o engenheiro mecânico Pablo, 38 anos, o define como um homem de visão, uma pessoa culta, mesmo que tenha apenas o equivalente ao nosso primário. É um ser iluminado que vê possibilidade de invento em qualquer situação. Para Pablo, talvez uma pessoa com muito mais estudo não tenha a capacidade de visão de seu pai. “Só convivendo e conhecendo ele para ter a exata dimensão do seu potencial”, descreve.

(Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Tapera)

Compartilhe: