Wikipédia convoca professores universitários para melhorar verbetes

A Wikipédia, enciclopédia livre, está fazendo uma chamada pública aos professores universitários para que eles ajudem a melhorar os verbetes em língua portuguesa. A ideia é que os docentes, juntamente com os alunos, pesquisem, aprimorem e até criem novos temas e assuntos para incrementar a enciclopédia que é de uso público. Prazo de inscrição termina no dia 22 de julho de 2012

A iniciativa faz parte do projeto Wikipédia na Universidade, que está aproximando a enciclopédia de universidades pelo mundo. Professores das áreas de física, história, políticas públicas e ciências sociais estão desenvolvendo atividades para melhorar verbetes ligados a disciplinas como política cultural, antiguidade clássica ou até mesmo eletromagnetismo. Para participar, os professores brasileiros precisam enviar, até o dia 22 de julho, planos de aula que contemplem atividades com os alunos para elaboração dessas melhorias.

O projeto já acontece em diversas instituições de ensino superior no Egito, Rússia, Índia, Reino Unido e Estados Unidos. No Brasil, desde o ano passado, um piloto vem sendo desenvolvido juntamente com as universidades USP (Universidade de São Paulo), Unesp (Universidade Estadual Paulista), UniRio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) e UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

A professora de história da UniRio, Juliana Bastos Marques, criou, por exemplo, um plano de aula chamado Tópicos Especiais em História Antiga – A História Romana na Wikipédia. Nas aulas, a partir dos próprios verbetes da Wikipédia que apresentavam deficiências de conteúdo, os alunos aprenderam sobre cultura e história no mundo romano, desenvolveram competências de pesquisa e redação acadêmica e, como resultado, melhoraram as informações que são disponibilizadas ao público. Eles inclusive incluíram novos verbetes como: A Arquitetura da Roma Antiga e Sexualidade da Roma Antiga.

Participação

Oito planos de aula serão escolhidos para serem colocados em prática, com o apoio da Wikipédia, no segundo semestre de 2012. As universidades precisam estar abertas e disponíveis para receber os recursos oferecidos pela plataforma que vão desde materiais didáticos até orientação e capacitação por meio de embaixadores da Wikipédia, representantes da organização que acompanham e editam essas atividades tanto de forma presencial, dentro dos campi, como de forma virtual.

Segundo os coordenadores do projeto, a parceria entre as instituições não vai envolver repasses de recursos financeiros. “A Wikimedia Foundation vai coordenar o programa como um todo, oferecendo apoio institucional e técnico para o desenvolver as atividades e criar conexões entre as comunidades acadêmica e wikipedista”, afirmam na página do chamado público.

Portal Aprendiz

Compartilhe: