VICTOR GRAEFF – Prefeito Alflen participou de Assembleia Geral da Famurs

O evento buscou alternativas para incrementar receita e fechar as contas

O Prefeito Municipal de Victor Graeff participou na quinta, 10 de novembro, da Assembleia Geral de prefeitos da Famurs, na sede da entidade em Porto Alegre.

O evento contou com a participação de 300 gestores municipais, entre prefeitos, vice-prefeitos e secretários.

Na oportunidade a Federação apresentou propostas para a venda da folha das prefeitura, onde a operação é trata pela entidade como uma das principais alternativas para amenizar a crise financeira dos municípios e auxiliar os prefeitos no fechamento das contas.

Nos últimos meses, representantes da Famurs estiveram reunidos com membros do Banrisul, Caixa Econômica, Banco do Brasil e Bradesco. A Federação deixou claro para a direção dos quatro bancos que a prioridade era obter uma proposta que pudesse contemplar a maior parte dos 497 municípios do Rio Grande do Sul. Apenas o Banrisul fez uma proposta válida para todas as cidades gaúchas. De acordo com a Famurs, pelo menos 415 prefeituras têm interesse em vender a folha de pagamento dos servidores.

Ainda de acordo com a entidade os efeitos da retração econômica seguem causando prejuízos para as prefeituras, onde as prefeituras gaúchas deixarão de receber R$ 335 milhões da União até o final de 2016. Em agosto deste ano, outro estudo divulgado pela Famurs demonstrou que pelo menos 73 prefeituras podem parcelar os salários do funcionalismo até o final deste ano e quase metade dos municípios terão dificuldades para fechar as contas.

Além da venda da folha das prefeituras, a Famurs busca outras alternativas para auxiliar a incrementar a receita dos municípios no encerramento do mandato. Entre as ações promovidas pela entidade está o pedido de antecipação da primeira parcela do ICMS e do calendário de pagamento do IPVA, que devem render aproximadamente R$ 110 milhões e R$ 133 milhões, respectivamente. A Federação também garantiu para os municípios gaúchos, junto ao governo federal, o pagamento de R$ 356 milhões da repatriação a liberação de R$ 43 milhões do Fundo de Apoio às Exportações.

(Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Victor Graeff)

Compartilhe: