Vereadores retomam trabalho na Câmara após eleição

TAPERA – Ontem à noite, às 19h, aconteceu a primeira sessão ordinária da Câmara de Vereadores após a eleição. A mesma contou com a presença do vice-prefeito eleito, Volmar Kuhn, e de boa parte da imprensa taperense. A sessão foi rápida tendo em vista que o pleito e após a sua apuração foi cansativa tanto para todos.

Depois da abertura, pelo presidente Luiz Carlos dos Santos, o “Pipe que, além de ter sido reeleito, foi o mais votado (359), foram lidas as correspondências recebidas e expedidas e de imediato passou-se para o espaço do Pequeno Expediente. Dos nove vereadores, apenas o presidente não se manifestou na tribuna.

Os vereadores, eleitos e não eleitos, se revezaram em agradecer ou se lamentar. Todos parabenizaram os colegas eleitos e quem não se elegeu tentou explicar os motivos do não êxito nas urnas.

Os destaques da sessão de ontem foram o questionamento que Osvaldo Henrich Filho, o “Prego”, fez sobre o posicionamento do Judiciário taperense no episódio do não acolhimento de denuncia proposta pela Aliança Democrática cujo candidato a prefeito, Ireneu Orth, foi chamado de ladrão pelos adversários. Outro destaque foi a manifestação de Adelar Gatto que não conseguiu se reeleger e fez acusações contra a Aliança Democrática, vencedora da eleição. Outro destaque foi a manifestação carregada de emoção de José Guilherme Dalmagro, o “Pita”, que não conseguiu a reeleição.

Após as manifestações dos vereadores, o presidente deu a rápida sessão por encerrada e os convidou para a próxima que acontecerá no próximo dia 15.

Compartilhe: