Vereador, na tribuna, mostra sua indignação com decisão tomada pelo judiciário taperense

TAPERA – O vereador Osvaldo Henrich Filho, o “Prego”, líder do governo na Câmara de Vereadores e coordenador da campanha da Aliança Democrática na eleição, usando o espaço do Pequeno Expediente, na sessão da noite passada, na tribuna, mostrou toda sua indignação com a decisão tomada pelo Judiciário taperense por conta das injúrias que foram disparadas na campanha contra o candidato Ireneu Orth, que concorreu à reeleição, e venceu. Em um comício realizado em um bairro e também em um dos programas de rádio, o candidato a vice-prefeito do PTB, Luiz Antônio Brunori, chamou Orth de ladrão e que teria desviado dinheiro público para aplicar na campanha, insinuando a compra de votos. A Aliança Democrática não aceitando o excesso, ingressou na Justiça pedindo reparação. Para surpresa de todos, ela não só não acolheu o pedido, como ainda multou a AD por isso.

Na tribuna, Osvaldo Henrich Filho elogiou a postura do candidato a prefeito adversário Nestor Arnemann, pela maneira como se portou durante toda a campanha.

Ainda, Prego disse não entender o que aconteceu para que, uma série de pesquisas que davam larga diferença de votos para Ireneu Orth tenha sido diminuída para menos de 400 votos. Ele não soube explicar o que aconteceu para que houvesse tal queda de votos nos bairros da cidade.

Compartilhe: