Verão se despede com recordes de frio no Sul do País

No RS, pelo menos 11 cidades registraram o dia mais frio do ano. A massa de frio que chegou ao Sul do país provocou declínio e recorde de temperatura nesta sexta, dia 16. A menos de uma semana para terminar o verão, houve valores típicos do inverno. No Rio Grande do Sul, pelo menos 11 cidades registraram o dia mais frio do ano. Os termômetros chegaram a 9,7°C em Canela, 11,6°C em Lagoa Vermelha, 12°C em Bento Gonçalves e a 14,8°C na capital Porto Alegre. Apesar do número de cidades recordistas ter sido menor em Santa Catarina, a temperatura mais baixa do país foi registrada lá, com mínima de apenas 6,2°C em Urubici. Apesar de mais altas, as temperaturas registradas em São Miguel do Oeste e Araranguá também foram recorde do ano, com 14,8°C e 14,9°C, respectivamente.

De acordo com os meteorologistas da Somar, depois da madrugada mais fria do ano em vários municípios do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, o sol predomina sobre os dois Estados, mas a temperatura não passa dos 27°C até o meio da tarde. No Paraná, ainda chove, especialmente sobre o centro, oeste e norte do Estado, mas o acumulado será baixo. Curitiba e todo o leste do Paraná terão uma das tardes mais frias do ano. Já no interior do Paraná, a máxima chega a quase 30°C. A madrugada de sábado também será fria em toda a região Sul, porém sem extremos. Na maior parte dos municípios, a mínima oscila entre 12°C e 15°C. No decorrer do dia, o sol predomina em grande parte da região e a máxima sobe consideravelmente no oeste do Rio Grande do Sul. Já no leste de Santa Catarina e do Paraná, a temperatura permanece baixa. O domingo será de sol, grande amplitude térmica e baixa umidade relativa do ar em toda a região Sul. O frio da madrugada volta a ganhar força, com mínima em torno dos 9°C entre o norte do Rio Grande do Sul e o sul do Paraná. À tarde, no entanto, faz calor, especialmente no oeste do Rio Grande do Sul.

Fonte: Somar Meteorologia

Compartilhe: