Unicruz sedia Audiência Pública do Novo Marco das Universidades Comunitárias

CRUZ ALTA – A Universidade de Cruz Alta recebeu na tarde do último dia 17, no Salão Nobre do Campus, deputado federal Luiz Noé, relator do Projeto de Lei (PL 7639/2012) das IES na Comissão de Constituição e Justiça. A visita teve como finalidade discutir o novo marco regulatório das Universidades Comunitárias no Brasil.

A audiência pública teve a presença de diversas lideranças da Unicruz, comunidade local e regional. Entre elas a reitora Elizabeth Fontoura Dorneles que destacou na oportunidade que as universidades comunitárias gaúchas têm sido pioneiras e esse momento é extremamente importante para todas as instituições comunitárias do País. “A discussão de hoje vem somar elementos para que possamos reforçar ainda mais as comunitárias como elementos indispensáveis no desenvolvimento das regiões onde estão inseridas. Em relação às comunitárias temos que ressaltar, sem dúvida, o apoio e o trabalho do deputado Noé”, reafirmou.

O presidente da Fundação Universidade de Cruz Alta, José Ricardo Libardoni dos Santos salientou novamente que o apoio incondicional do deputado Luiz Noé para as instituições comunitárias, sobretudo à Unicruz. Libardoni disse que as universidades comunitárias têm de fato uma ligação muito forte com suas comunidades e são espaço para a formação de profissionais e para o desenvolvimento tecnológico e científico.

O prefeito de Cruz Alta e presidente do Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal dos Municípios do Alto Jacuí (COMAJA) também prestigiou a audiência pública e reafirmou a relevância da Universidade para Cruz Alta e região. “Nosso papel como Poder Público é a apoiar aquilo que é nosso, bem como as ações que vêm beneficiar as nossas entidades, como é o caso do marco Regulatório para a Unicruz”, ressaltou.

Entre as autoridades ainda esteve o prefeito de Quinze de Novembro e presidente da Associação dos Municípios do Alto Jacuí (Amaja), Clair Kunh que, na cosasião, trouxe o apoio da Amaja novamente em prol da Unicruz. “Temos que reconhecer a Unicruz como um local de formação de lideranças e todas as ações que fortaleçam essa Instituição terão o nosso apoio”, declarou.
Ao conduzir a audiência Noé fez um breve relato sobre o projeto e salientou a grande experiência do ensino comunitário no RS e SC. Conforme ele cerca de 75% da educação superior do Estado vem de universidades comunitárias. O que não se aplica ao resto do país. O Deputado falou ainda da importância de ser debater estes novos regulamentos para as IES comunitárias, a fim de instituir novas modalidades de qualificação nas instituições. “Ao discutir este novo formato, estaremos colaborando para a qualidade do ensino, pesquisa e extensão.” Outro destaque, é que este processo venha a ser um termo de parceria na qual ficarão estabelecidos compromissos, metas, avaliações e desempenho com instâncias de controle para a boa execução do que esta sendo proposto.

(Assessoria de Imprensa – Unicruz)

Compartilhe: