Um plano para salvar a produção de alimentos no mundo

Como produzir alimentos suficientes sem destruir o planeta? Essa é a grande questão proposta pela Syngenta em um evento que ocorre nesta quinta-feira (19.09) simultaneamente em diversas cidades do mundo. O Portal Agrolink foi convidado a participar desse debate, e trará informações exclusivas durante o dia.

Um grupo de 120 pessoas foi selecionado para participar da discussão. Produtores rurais, acadêmicos, empresários, dirigentes, governantes, jornalistas e representantes da sociedade civil foram organizados em grupos heterogêneos para expor a diversidade de visões e apontar sugestões.

Ao mesmo tempo em que é preciso produzir mais alimentos nos próximos 50 anos do que nos últimos 10 mil, se apresentam problemas sérios de sustentabilidade. O mundo hoje, por exemplo, só teria estoque de água potável para mais 11 anos, se não houvesse renovação. Cerca de 70% dessa água é utilizada na agricultura.

“Não estamos trazendo soluções, estamos convidando a nos ajudar nessa busca. O Brasil tem 5% da área agropecuária do mundo (264 milhões de hectares), mas 104 milhões são pastagens degradadas”, afirmou Antônio Carlos Guimaraes, diretor geral da Syngenta para a América Latina.

(Agrolink)

Compartilhe: