Torcedores israelenses deixam estádio após gol de jogador muçulmano

Postado em 06 março 2013 07:06 por jeacontece
15.292.411/0001-75

As diferenças religiosas marcaram a rodada do Campeonato Israelense neste final de semana. Após balançar as redes no empate entre Beitar Jerusalem e Maccabi Netanya, Zaur Sadayev, russo de origem chechena, viu parte de sua própria torcida deixar o Estádio Teddy Kollek, em vez de comemorar o gol marcado. Sob influência religiosa, o episódio foi um protesto do grupo pelo fato de o jogador ser nascido em uma região cuja maioria da população é muçulmana.

Após o jogo, Jan Talesnikov, auxiliar-técnico da equipe, optou por agradecer aos fãs que ficaram no estádio e apoiaram o time, já que o grupo que foi embora não viu o gol de empate do time adversário. “O amor pelo esporte é mais importante do que a religião de um homem. Respeitamos a todos, independentemente da religião. Os fãs que ficaram no estádio são os verdadeiros torcedores do Beitar”.

O Beitar Jerusalem vem enfrentando uma série de problemas com sua torcida, que não aceita a contratação de Zaur Sadayev e do também checheno Dzhabrail Kadaev. Os torcedores protestam contra a diretoria do clube pendindo a volta da “pureza” à equipe.

Diante de algumas punições da Federação Israelense, justamente por causa do comportamento de sua torcida, o Beitar Jerusalem vem sendo prejudicado no campeonato nacional, mas faz campanha regular. Em 25 jogos, o time soma 33 pontos e ocupa a sétima colocação.

Gazeta Esportiva

Postado em 06 março 2013 07:06 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop