Tempestade subtropical não deve atingir região do Planalto Médio

Postado em 18 maio 2022 09:04 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Coordenador Regional da Defesa Civil da Região de Passo Fundo comenta sobre quais locais devem ser afetados e os cuidados que as pessoas devem ter em dias de vento forte

A tempestade Yakecan vem fazendo estragos e preocupando moradores e autoridades do Estado. Nesse sentido o Coordenador Regional da Defesa Civil da Região de Passo Fundo, Jeferson Ecco, explica que há uma sala de situação da Defesa Civil que lida com todos os prognósticos meteorológicos que recebe de órgãos nacionais, como o INPE. Assim, quando ciclone foi detectado, emitiu-se um alerta.

“Quando ele entrou no radar, passou a ser monitorado e os alertas passaram a ser dados. Então pela localização dele no mapa, a sala de situação já prevê que áreas do Estado vão ser afetadas, assim os alertas foram para a área sul do Estado e o litoral, com alguma coisa para a Serra”, esclarece.

 “Esse alerta se manteve para rajadas de vento de até 100 a 120 km/h na costa e entre 90 a 100 km/h, no sul e um pouco da serra”, acrescentou o coordenador.

De acordo com Jeferson a região do Planalto Médio não irá sofrer com a ação dessa tempestade subtropical, mas haverá rajadas de ventos fortes que  podem  variar de 80 a 90km/h.

“Os radares meteorológicos seguem fazendo o monitoramento da massa e hoje seu trajeto previsível é que deve contornar a costas e ir em direção ao mar”, destacou.

 O coordenador lembra que todo o cidadão que desejar receber alertas meteorológicos deve cadastrar um SMS no número 40199 com o seu CEP. Desse modo, ele será avisado quando há alguma anormalidade chegando.

Além disso, enfatiza que o melhor lugar para as pessoas ficarem durante as ventanias é dentro de casa, principalmente quando ela observar que o vento poderá derrubar árvores, levantar telhas ou arrancar placas de transito.

“A pessoa deve esperar o vento passar, logicamente não ficar andando em baixo de fios, pois a rede elétrica quando está muito balançada pode estourar um cabo, então são cuidados que todos devem ter nesses dias de vento forte”, finaliza Jeferson.

 Carazinho

Em entrevista ao Grupo Diário da Manhã, o meteorologista da MetSul, Luiz Fernando Nachtigall, frisa que nesta quarta-feira (18) haverá muitas nuvens na região de Carazinho que deverão provocar chuvas, além de vento forte entre a madrugada e a manhã que deve enfraquecer ao logo do dia.

Segundo ele as baixas temperaturas devem persistir com máximas de 10° C em muitos locais.

“Para quinta-feira e sexta-feira o sol aparece. Ainda devem ocorrer alguns períodos de maior nebulosidade na quinta-feira, já sexta-feira deve ser um dia com um tempo mais aberto e uma queda mais acentuada na temperatura”, concluiu Luiz.

Diário da Manhã

Postado em 18 maio 2022 09:04 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop