Tarifas dos Correios têm reajuste médio de 7,5%

Postado em 19 junho 2012 14:05 por jeacontece
15.292.411/0001-75

A partir desta terça-feira, a carta simples (pessoa física ou porte da carta não comercial) vai aumentar 6,75%, passando de R$ 0,75 para R$ 0,80. A portaria com os novos preços das tarifas postais e telegráficos, cujo reajuste médio médio foi de 7,5%, foi publicada no Diário Oficial, ao ser autorizado pelo Ministério das Comunicações. O último reajuste foi em março de 2011. A tarifa da Carta Social, destinada aos beneficiários do Bolsa Família, permaneceu o mesmo, R$ 0,01.

O primeiro porte da carta comercial (pessoa jurídica) foi reajustado de R$ 1,10 para R$ 1,20, representando uma variação de 9,1%. Os telegramas nacionais subiram em média 7,5%. Os serviços internacionais, no caso cartas documentos prioritários e econômicos e também telegramas foi corrigido em torno de 7,5%.

As tarifas das encomendas não tiveram reajuste, porque os valores subiram há dois meses, em abril. A tarifa da Carta Social, destinada aos beneficiários do Bolsa Família, permaneceu o mesmo, R$ 0,01.

Os serviços dos Correios sobem anualmente, e são repassados os aumentos que a ECT dos preços dos combustíveis, contratos de aluguel, transportes, vigilância, limpeza, e salários dos empregados, entre outros.

Extra

Postado em 19 junho 2012 14:05 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop