TAPERA – Safra de soja 2012/2013: cultivares apresentam resultados positivos

Postado em 30 abril 2013 08:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Na última semana encerrou-se a safra de soja 2012/2013, que na opinião de muitos agricultores pode ser incluída entre as melhores dos últimos anos, tanto em termos de produção, rendimento, qualidade dos grãos e andamento dos trabalhos, favorecido pelo clima seco das últimas semanas.

A avaliação dos resultados de colheita da área experimental da Grandespe Sementes confirma os bons rendimentos obtidos na região, conforme pode ser observado no gráfico abaixo.

É importante destacar que, para uma adequada interpretação dos resultados, deve-se considerar a época de semeadura, o ciclo dos materiais e a ocorrência de estiagem de cerca de 20 dias entre os meses de janeiro e fevereiro. Neste sentido, nas próximas safras o presente ensaio de cultivares deve ser repetido com o objetivo de avaliar o comportamento dos materiais em várias situações de clima e época de semeadura e obter mais informações para um melhor posicionamento dos cultivares. Apesar de apresentar os resultados de apenas uma safra, o trabalho é extremamente válido e permite que, em um primeiro momento, sejam feitas algumas comparações e tiradas conclusões interessantes.

De uma maneira geral pode-se afirmar com segurança que atualmente os cultivares disponíveis no mercado apresentam um ótimo potencial produtivo, cada qual com as suas características próprias. Além disso, existem cultivares adaptados para as mais diversas condições, atendendo de maneira segura as necessidades do produtor.

Para fins de comparação, analisando-se os materiais por grupo de maturação, percebe-se uma significativa semelhança entre cultivares em termos de rendimento. Um exemplo é a paridade entre FPS Urano RR, NS 6211 RR e BMX TORNADO RR no grupo de maturação em torno de 6.0 e NS 4823 RR, BMX VELOZ RR e FPS PARANAPANEMA RR na linha dos superprecoces. Os cultivares NA 5909 RG, campeão de rendimento no presente trabalho, e FPS Júpiter, terceiro colocado no experimento, possuem características bastante semelhantes. Ou seja, ambas são do grupo de maturação 5.9, possuem hábito de crescimento indeterminado, ótimo potencial de ramificação e uma arquitetura favorável ao controle de doenças. Também apresentam uma janela de semeadura entre final de outubro e final de novembro e uma ampla adaptação às regiões de cultivo. Por sua vez, BMX Ativa RR, segundo colocado, pertence ao grupo de maturação 5.5, possui hábito de crescimento determinado, porte baixo e é altamente dependente de época de semeadura adequada e de uma elevada densidade de populacional para altos rendimentos, pois não possui potencial de ramificação. Além disso, é indicado preferencialmente para áreas de elevada fertilidade do solo.

Enfim, ao final de uma safra são válidas as discussões sobre desempenho de cultivares e resultados obtidos, gerando informações que balizam as escolhas por parte dos produtores e técnicos. Nesse sentido, a Grandespe Sementes coloca-se a disposição para orientar de maneira segura o produtor rural, pois disponibiliza de uma ampla gama de cultivares adaptadas as mais diversas necessidades, primando sempre por tecnologia, qualidade e resultados positivos. Visite uma das unidades da Grandespe Sementes faça a sua reserva de sementes para a próxima safra.

GUSTAVO AUGUSTO STÄRLICK

Postado em 30 abril 2013 08:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop