Tapera intensifica ações contra o mosquito Aedes aegypti

O município de Tapera está intensificando as ações de controle e combate ao mosquito Aedes aegypti. Nesse propósito, a Administração Municipal, amparada pela Lei Federal nº 6.437/11 e pelo decreto estadual nº 23.430/74, realizará vistoria das residências, estabelecimentos e terrenos, autuando os proprietários quando necessário.

Após a vista das Agentes de Saúde, quando houver identificação de focos do mosquito, será realizada a autuação dos munícipes, com prazo limite para execução das tarefas. Com o não cumprimento (de limpezas, recolhimento de lixos e entulhos, etc), será lavrado um auto de infração e, após, aberto um processo por desobediência.

Na tarde de ontem, 18/01, o prefeito Ireneu Orth esteve reunido com secretários, diretores municipais e fiscais para discutir novas maneiras de combater o mosquito transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika.

No mês de dezembro, Tapera obteve a confirmação do primeiro caso de Dengue, sendo que a paciente teria contraído a doença no Mato Grosso. Com o grande número de foco do mosquito, a Secretaria de Saúde tomou as medidas necessárias para evitar a proliferação da doença. Para entender melhor, se um mosquito da Dengue picar uma pessoa com o vírus, o mosquito se torna transmissor, podendo contaminar muitas outras pessoas. Da mesma forma, se esse mosquito colocar ovos, as larvas nascerão contaminadas.

O trabalho preventivo vem sendo feito pela Vigilância Sanitária com auxílio das Agentes Comunitárias de Saúde. Para melhores resultados, pede-se a colaboração da comunidade permitindo que as ACS visitem as residências e esclareçam dúvidas sobre o Aedes aegypti.

(Michelle Corazza – Assessora de Comunicação da Prefeitura de Tapera)

Compartilhe: