Tapera em 1949

Esta foto foi tirada em 1949, atrás do Curtume Tapera, quando este ainda se chamava Mombelli.

O “retrato”, tirado da Rua Nilo Peçanha, quase na esquina com a Rua Guido Mombelli, mostra uma parte do centro da cidade, então 4º distrito de Carazinho.

Para se localizar na vila, da esquerda para a direita:

1 – Igreja Nossa Senhora do Rosário da Pompéia.

2 – Antiga Casa Paroquial (Canônica, ao lado da Igreja). O antigo prédio, de dois pisos, foi demolido e deu lugar à casa atual.

3 – Farmácia e residência das Irmãs (ao lado da Casa Paroquial). O prédio existe até hoje.

4 – Café Diana. O prédio ainda existe.

5 – Antiga Sapataria do Pilar. Hoje, no lugar, funciona o Skina Lanches.

6 – Residência de Avelino Würzius. O prédio ainda existe. No térreo funcionou por muitos anos o Tapera Bureau e hoje funciona o escritório de Osmar Ritter.

7 – Residência de João Cláudio Bervian. Uma outra foi construída no lugar. A mesma continua com a família.

8 – Escola das Irmãs (no alto). O prédio de madeira deu lugar ao atual (de alvenaria) e hoje se chama Instituto Imaculada. A Escola, que primeiro foi das Irmãs, completa 80 anos neste ano.

9 – Antigo Cine Avenida. Hoje existe o Edifício Viero no lugar, e onde estão a Loja Andriolli e Farmácia Essencia.

10 – Loja dos Binni. O prédio ficava na esquina do Curtume Mombelli, onde até bem pouco tempo funcionava o Bazar Ôba-oba. O prédio foi demolido nesta semana.

11 – Residência e relojoaria dos Mariani. No lugar está hoje o prédio onde funciona a Esportiva Esportes.

12 – Residência dos Galvagni (madeira). Hoje, no lugar, é a residência dos Durigon (alvenaria), em frente à Fruteira do Clóvis.

13 – Residência de Olindo Boff. A casa existe até hoje.

14 – Hotel e loja do Focking. No antigo prédio de madeira, de dois pisos, funcionou anos depois o Supermercado do Bruno. Hoje, tem um prédio no lugar. No térreo funciona o Banco Bradesco, a Farmácia Taperense, entre outros.

15 – O Curtume Mombelli, atual Tapera, que fechou ontem, temporariamente.

Será que tem algo que foi esquecido?
FÁBIO DAVID CRESTANI
Jornalista – Editor do JEAcontece on-line e do Blog do Sarico (www.blogdosarico.com)

Compartilhe: