TAPERA – Dia de Campo Trigo 2013 da Grandespe apresentou novas cultivares e muita informação

Na tarde do dia 1º de outubro (terça-feira) realizou-se na área experimental da Grandespe Sementes, em frente à matriz da empresa, na Linha Arroio Angico – Tapera, o dia de campo trigo 2013. O evento contou com a presença de mais de 150 produtores rurais de toda a região de abrangência da Grandespe, os quais desfrutaram de uma tarde bastante proveitosa e repleta de informações e novidades.

Ao longo de sete estações os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer os cultivares das empresas OR Sementes, Biotrigo Genética, Embrapa Trigo e Byotech do Brasil. Os representantes de cada empresa participante abordaram de uma forma bastante dinâmica e prática as características, manejo e posicionamento de cada material visando altos rendimentos e procurando adaptar as novas tecnologias às mais diferentes situações de lavoura e sistemas de produção. Além disso, em uma das estações o pesquisador da Embrapa Trigo, Eng. Agr. João Leonardo Fernandes Pires, tratou com muito conhecimento o tema manejo de nitrogênio na cultura do trigo, enfocando a importância de se manejar corretamente este nutriente visando à obtenção de elevada qualidade industrial e rendimento de grãos.

O assunto manejo e conservação do solo em plantio direto, com a apresentação dos resultados de experimentos da área de física do solo realizados na Grandespe Sementes, foi abordado pelo Eng. Agr. Gustavo Augusto Stärlick, responsável pela condução dos ensaios e avaliações a campo. Para finalizar, a empresa Dow Agrosciences também esteve presente no evento apresentando sua linha de produtos, enfatizando o manejo de doenças em trigo e o controle de plantas daninhas na dessecação em pré-semeadura da soja e pós-colheita do trigo.

Enfim, conforme avaliação do diretor Nereo Stärlick, o dia de campo é uma ótima oportunidade para aproximar o produtor rural da pesquisa e das novidades em termos de cultivares, mantendo-se sempre atualizado e bem informado. Além disso, o produtor tem a possibilidade de visualizar a campo o desenvolvimento dos materiais e receber informações importantes que contribuem para a tecnificação da agricultura e melhoria da produção.

Após a parte de campo, no final da tarde, os produtores foram recepcionados no quiosque da empresa, onde houve uma confraternização entre os presentes.

Compartilhe: