Sicredi supera a marca de R$ 25 bilhões na carteira de crédito

Foco no associado, integração e evolução na infraestrutura colocam instituição na lista das principais concessoras de crédito do Brasil

Resultado de um esforço coletivo de todas as cooperativas de crédito que integram o Sistema, o número coloca o Sicredi como a 11ª maior carteira de crédito do país, à frente de outras instituições de médio porte, com crescimento consistente e saudável. A marca de R$ 25 bilhões considera toda a concessão de crédito das cooperativas do Sicredi, a qual vem crescendo de forma continua, principalmente nos últimos anos.

A formação das cooperativas em Sistema foi o que ajudou a consolidar a carteira, posicionando-a como uma das principais instituições a conceder empréstimos no país. A meta projetada pelo Sicredi para o final de 2014 é de R$ 27 bilhões. Paralelamente, houve uma evolução na infraestrutura de produtos de crédito oferecidos, com grande foco na eficiência, na segurança, nos canais digitais e na evolução da metodologia da concessão de crédito.

Conforme o gerente da Superintendência Regional do Sicredi, Luiz Fernando Scartezini, o crédito responsável é mais um elemento que tem levado o Sicredi ao sucesso. “Além de beneficiar os associados com compromissos que melhor se adaptam ao seu perfil, a instituição ainda cresce de forma sustentável”, disse. Ofertar crédito na dose certa, de acordo com a capacidade de cada associado, é essencial para o crescimento saudável de ambas as partes. Segundo Scartezini, a instituição financeira cooperativa tem uma preocupação crescente em conceder empréstimos que sejam os mais adequados às necessidades de financiamento do associado, cumprindo a legislação que rege esse tipo de operação no mercado.

A diversidade de produtos oferecidos pela instituição financeira cooperativa, tanto para associados do meio rural, como empreendedores e pessoas urbanas, alicerça o compromisso do Sicredi com o desenvolvimento das localidades onde está inserido. O Sicredi, inclusive, foi reconhecido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES como o agente financeiro que liberou o maior volume de recursos para a agricultura familiar na Safra 2013/2014. O desembolso do Sicredi para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), com recursos do banco estatal, foi de R$ 670 milhões em mais de 15 mil operações, mantendo a instituição como a principal apoiadora do fortalecimento da agricultura familiar.

(Assessoria de Comunicação da Sicredi Rota das Terras RS)

Compartilhe: