Sescoop/RS promove a Cavalgada do Cooperativismo

Dentro das comemorações do Ano Internacional das Cooperativas, o Sescoop/RS, com apoio do Sicredi, promoverá a Cavalgada do Cooperativismo – Caminhos do Padre Theodor Amstad. O objetivo é mostrar a importância do cooperativismo para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul e incentivar a Inter cooperação entre os diferentes ramos, através do resgate da rota percorrida pelo padre Theodor Amstad.

Imigrante suíço, Amstad foi o responsável pela fundação da primeira cooperativa de crédito no Brasil, em 1902, na cidade de Nova Petrópolis (RS). Com duração de 22 dias, a cavalgada passará por 21 municípios, saindo de Cerro Largo, em 07 de novembro, e chegando a Porto Alegre, em 29 de novembro, quando estará ocorrendo o XV Seminário Estadual do Cooperativismo. Na ocasião, haverá a entrega das bandeiras do Rio Grande do Sul, do Brasil e do Cooperativismo para autoridades presentes do Seminário, que será realizado na PUCRS.

Comandados pelo cavaleiro e cantor nativista Elton Saldanha, os participantes serão recepcionados com palestras e shows nas comunidades por onde passarem e, posteriormente, estarão em um documentário que será gravado durante todo o percurso. “O registro servirá de fonte de pesquisa para quem buscar informações sobre a rota que o padre Theodor Amstad percorreu realizando suas atividades pastorais”, diz Vergilio Perius, presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS. Na comunidade onde ainda houver sinais da passagem do imigrante suíço, serão plantados dois pinheiros em alusão ao símbolo do cooperativismo.

A cavalgada passará pela região entre os dias 14 e 15 de novembro. Em Ibirubá, as cooperativas e entidades tradicionalistas receberão os cavaleiros na quarta-feira (14). Dentro da programação está prevista uma palestra com o professor Rui Nedel, na AFUSCA. O pouso do grupo principal será na propriedade do empresário Jakson Löser e dos demais grupos no pavilhão da comunidade do Passo Bonito, onde será realizado um jantar de integração. Na manhã do dia 15, os cavaleiros partem em direção a Selbach, onde será servido o almoço no Haras Pino e, após, seguem para Espumoso, passando pelo centro de Tapera.

As cooperativas e entidades tradicionalistas de Ibirubá, Quinze de Novembro, Selbach, Tapera, Lagoa dos Três Cantos e Colorado estão se organizando para recepcionar os cavaleiros da melhor forma possível, oferecendo a estrutura necessária para os visitantes e também para os animais.

(Assessoria de Imprensa – Sicredi Rota das Terras)

Compartilhe: