Selbach expõe trabalho em mostra de epidemiologia em Brasília

Entre os dias 28 e 31 de outubro, cerca de quatro mil trabalhadores do SUS irão trocar experiências sobre assuntos de vigilância em saúde. Serão realizadas palestras com especialistas, reuniões técnicas e exposições. Dentro deste evento a Prefeitura de Selbach expôs na forma de cartaz o trabalho “Projeto Casa Segura” sobre prevenção de quedas em idosos.

A partir da terça-feira (28), trabalhadores e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) tiveram a oportunidade de trocar informações e experiências para o aprimoramento do setor saúde. A 14ª Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi), reuniu, até a sexta-feira (31), Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, mais de quatro mil profissionais do setor.

A mostra tem como objetivo difundir os serviços de saúde do SUS que se destacaram pelos resultados alcançados em atividades relevantes ao setor, além de dar visibilidade às ações de vigilância em saúde. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, participaram da abertura do evento, na terça-feira (28).

Criada em 2001 pela Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde, a mostra promove a atualização técnica e capacitação dos profissionais que atuam em diversas frentes, como controle de malária, dengue, imunização, doenças crônicas não transmissíveis e investigação de surtos, entre outras.

Uma novidade deste ano são as oficinas sobre diferentes temas em saúde, que começaram já nesta segunda-feira (27), um dia antes da abertura do evento. Os profissionais de saúde inscritos na Expoepi puderam debater temas importantes para a saúde pública do país, como dengue, tuberculose, HIV e Aids, áreas de promoção à saúde dentro dos municípios. Ao todo, a mostra conta com 196 palestrantes e coordenadores das atividades.

Durante o evento, serão premiados profissionais e serviços de saúde do país que se destacaram no desenvolvimento de ações de vigilância em saúde. A premiação foi dividida em três modalidades: experiências bem-sucedidas realizadas pelos serviços de saúde do SUS; profissionais de saúde que atuam no SUS e desenvolveram trabalhos técnico-científicos e ações desenvolvidas por movimento social, que contribuíram para o aprimoramento da vigilância em saúde em relação a doenças específicas.

Três municípios do Rio Grande do Sul tiveram trabalhos expostos: Porto Alegre, Nova Bassano, Santa Maria e Cachoeirinha e Selbach.

Também foram realizadas palestras com especialistas, reuniões técnicas, exposições, exibição de filmes e vídeos e vários estandes com temas diversos da área da saúde. A programação completa da 14ª Expoepi está no site: http://www.expoepi.org/.

Compartilhe: