SELBACH – CTG Estância do Imigrante homenageia ex-patrão

O CTG Estância do Imigrante prestou uma homenagem ao seu ex-patrão José Francisco Borges da Silva:

“José Francisco Borges da Silva, o nosso Querido Patrão “Chico”, aos 16 dias do mês de Julho de 2011, recebeste as Rédeas desta Entidade Tradicionalista, o CTG Estância do Imigrante, que como o próprio nome diz, acolheu este imigrante dos Pagos de Soledade, para que com muita dedicação e zelo desse prosseguimento ao Sonho de todo o Gaúcho que ama suas tradições, reabrindo as portas desta Casa Tradicionalista aos mais longínquos pagos deste estado.

E uma vez, feito o juramento, o Patrão Francisco, arregaçou as mangas e com a sua Patroa Mara sempre ao seu lado, foi a campo, buscar a colaboração de toda a comunidade de Selbach e região.

Juntos, o Patrão e a Patroa, montaram suas equipes de patronagem, acreditando no potencial e no apoio de cada um, inclusive dando crédito a quem muitos desacreditavam, os quais provaram seu valor e muito agradecem a ti, Patrão Francisco pela coragem em inovar.

O Patrão Sonhou, e sonhou alto… muitos ideais, muitos objetivos em resgatar a cultura deste pago, que por vezes fora esquecida…

E começou pelo Concurso de Prendas e Peões, pois afinal toda a Entidade Tradicionalista deve ter seus Representantes de Faixas e Crachás, e eu como 1ª Prenda deste CTG muito lhe agradeço por retomar este Concurso, no qual, de modo digno e justo, venci e tive a honra de participar de sua patronagem, desempenhando o meu papel em todos os momentos, seja nos projetos culturais, nas reuniões de patrões da 9ª Região Tradicionalista, nos fandangos e em onde mais se fizesse necessário a minha presença. Muito obrigada pela confiança Querido Patrão Francisco, em poder representar a nossa valorosa cultura gaúcha.

Seguindo seus feitos que, aliás, foram muitos, aceitou novas ideias e, empresa a empresa foi vender placas publicitárias, para acrescentar saldo ao Caixa da Entidade, buscou apoio dos empresários também em 02 Grandes Campanhas de Taça Empresa, visitou os sócios porta a porta para convidá-los a retornarem ao CTG e ainda ampliou o quadro social, sem falar nas suas poucas horas de descanso, que abriu mão, para fazer novas mesas, capinar o terreno do CTG, organizar o salão para os grandiosos fandangos que promoveu, entre outros tantos trabalhos que realizou além de suas atribuições de Patrão.

Pensando grande, e sempre com o apoio dos seus dedicados capatazes e demais integrantes da patronagem, aos que de fato assumiram esse desafio, reformou o Parque de Rodeios, e fez nele 04 Rodeios, com número recorde de participantes, de diversas querências, sempre atingindo um saldo positivo, tanto financeiro quanto em expansão da entidade frente aos CTGs vizinhos.

E no intuito de trazer mais público para dentro da Entidade, organizou 02 cursos de danças e reorganizou as invernadas artísticas, acompanhando-as, como verdadeiro pai e a Patroa Mara a “Mãe” de todos, sempre incentivando e apoiando, enquanto se fez necessário.

Bom… Querido e Admirado Patrão Francisco, poderíamos falar por horas sobre seus grandes feitos, pelo seu Amado CTG Estância do Imigrante, mas para que este seu Sonho de Patrão dignamente realizado, seja por ti, com ternura lembrado, seus amigos leais e companheiros de Patronagem, fizeram uma singela Lembrança, um Álbum Campeiro de sua história como Patrão deste CTG e a Patroa Mara um delicado mimo.

Parabéns nosso Eterno Patrão JOSÉ FRANCISCO BORGES DA SILVA, foi uma honra estar contigo nessas duas exemplares gestões!!!”

(CTG Estância do Imigrante)

Compartilhe: