Secretário de Saúde de Porto Alegre destaca que maioria da população gaúcha poderá ser vacinada no primeiro quadrimestre

Ainda não se sabe quantas doses devem chegar em Passo Fundo.

Com a autorização do Ministério da Saúde (MS), o governo do Estado antecipará o início da vacinação contra a Covid-19 no Rio Grande do Sul para esta segunda-feira (18). O governador Eduardo Leite foi ao Centro de Distribuição Logística do MS, em Guarulhos (SP), receber de forma simbólica as primeiras doses destinadas ao Rio Grande do Sul.

As definições de quem será primeira pessoa a receber a vacina no Estado, estão a cargo da secretária de Saúde Arita Bergmann e do secretário da Saúde de Porto Alegre, ex-vice-prefeito de Passo Fundo, Dr. Mauro Sparta em parceria com os hospitais. Os detalhes da primeira aplicação ainda estão em definição.

Em entrevista à Uirapuru, Dr. Mauro Sparta disse que as doses devem chegar no Rio Grande do Sul no início da tarde de hoje e depois será feita a distribuição as Coordenadorias de Saúde.

Conforme o secretário, serão 341,8 mil doses destinadas ao Estado nesse primeiro momento. Serão enviadas por avião ao Rio Grande do Sul mais 311.680 doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan feita em parceria com o laboratório Sinovac, para os grupos prioritários que serão profissionais da saúde da linha de frente e idosos que vivem em instituições de longa permanência e outras 30.120 à população indígena.

Ainda não se sabe quantas doses devem chegar em Passo Fundo.

Sparta destacou que na próxima semana será recebido uma carga de vacinas Oxford-AstraZeneca e assim sucessivamente. Em, fevereiro serão distribuídos no país 22 milhões de doses.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, se tiver essa regularidade no primeiro quadrimestre será possível vacinar grande parte da população.

Rádio Uirapuru

Compartilhe: