SANTO ANTÔNIO DO PLANALTO – Governo do RS já deve R$ 149 mil para o município somente em Saúde

De 2014 até junho de 2016, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul já acumulou R$ 149.103,68 em repasses em atraso para o município de Santo Antônio do Planalto somente na área da Saúde. O levantamento foi divulgado pela Famurs em outubro deste ano e aponta que o governo gaúcho soma R$ 277 milhões de repasses em atraso em programas da Saúde aos municípios.

Com a arrecadação em constante queda, o que afeta a receita municipal, e os gastos em elevação, a Administração Municipal de Santo Antônio do Planalto tem feito, desde 2013, um esforço para seguir mantendo os serviços básicos e ainda avançar nessa área. “Esses R$ 149 mil nos fazem muita falta. Em um orçamento de um pequeno município, esse recurso é muito importante para a manutenção dos programas. Com o Estado atrasando esse recurso, acabamos tendo de enxugar ainda mais a máquina pública e remanejar recursos não vinculados para este setor, o que às vezes acaba exigindo medidas de cortes de gastos que não estavam previstas”, relata a prefeita de Santo Antônio do Planalto, Cristiane Alberton Franco.

Ainda assim, o município tem evoluído bastante nesta área, com um atendimento referência, aquisição de novos equipamentos e veículos para o transporte de pacientes. Isso traduz o empenho da equipe do Executivo Municipal, visto que, neste momento, a equipe da Administração trabalha no processo de aquisição de novos equipamentos através da emenda parlamentar de R$ 248 mil conquistada junto ao senador Paulo Paim. “Nós estamos fazendo nossa parte com todos os pagamentos em dia e um esforço muito grande para evoluirmos neste setor, apesar dos repasses em atraso que prejudicam muito os municípios. Se cada um fizer a sua parte, Governo do Estado e União, já daremos um grande passo para garantirmos serviços básicos à população e também desenvolvermos nossas cidades, uma porta para a saída da crise”, avalia a prefeita Cristiane a respeito dos repasses em atraso.

Compartilhe: