Santander publica pedido de desculpas por texto que critica Dilma

O Banco Santander Brasil colocou na noite desta sexta-feira (25) na página da instituição na internet um comunicado pedindo desculpas pelas críticas feitas à presidente Dilma Rousseff (PT) num relatório enviado aos clientes preferenciais da entidade.

No aviso de desculpas, o Santander afirma que a análise divulgada pelos funcionários do banco “não reflete, de forma alguma, o posicionamento da instituição”.

“O referido texto feriu a diretriz interna que estabelece que toda e qualquer análise econômica enviada aos clientes restrinja-se à discussão de variáveis que possam afetar a vida financeira dos correntistas, sem qualquer viés político ou partidário. Sendo assim, o Banco pede desculpas aos clientes que possam ter interpretado a mensagem de forma diversa dessa orientação, e reitera sua convicção de que a economia brasileira seguirá sua bem-sucedida trajetória de desenvolvimento”, avisa o Santander.

A denúncia contra o banco espanhol foi publicada nesta manhã (25/07) no blog do jornalista Fernando Rodrigues, da ‘Folha de S.Paulo’. No texto, os analistas do Santander relacionavam a queda da presidente Dilma Rousseff nas pesquisas de intenção de voto a uma melhora econômica do Brasil.

“Se a presidente se estabilizar ou voltar a subir nas pesquisas, um cenário de reversão pode surgir. O câmbio voltaria a se desvalorizar, juros longos retomariam alta e o índice da Bovespa cairira, revertendo parte das altas recentes”, dizia o texto, que foi enviado no comunicado “Você e Seu Dinheiro”, publicado juntamente com o extrato dos clientes Select do banco.

A análise afirmava ainda que “a quebra de confiança e o pessimismo crescente em relação ao Brasil em derrubar ainda mais a popularidade da presidente, que vem caindo nas últimas pesquisas, e que tem contribuído para a subida da Ibovespa”.

No texto de desculpas publicado na internet no início da noite, o Santander diz que a análise foi enviada apenas para uma pequena base de clientes da instituição:

“O Santander Brasil vem a público esclarecer que o texto enviado a um segmento de clientes, que representa apenas 0,18% de nossa base, em seu extrato mensal, e repercutido por alguns meios da imprensa hoje, não reflete, de forma alguma, o posicionamento da instituição”, afirma o banco.

Veja o aviso completo publicado na homepage do banco espanhol:

“O Santander Brasil vem a público esclarecer que o texto enviado a um segmento de clientes, que representa apenas 0,18% de nossa base, em seu extrato mensal, e repercutido por alguns meios da imprensa hoje, não reflete, de forma alguma, o posicionamento da instituição. O referido texto feriu a diretriz interna que estabelece que toda e qualquer análise econômica enviada aos clientes restrinja-se à discussão de variáveis que possam afetar a vida financeira dos correntistas, sem qualquer viés político ou partidário. Sendo assim, o Banco pede desculpas aos clientes que possam ter interpretado a mensagem de forma diversa dessa orientação, e reitera sua convicção de que a economia brasileira seguirá sua bem-sucedida trajetória de desenvolvimento.”

(Terra)

Compartilhe: