Safra de grãos 2012/13 pode chegar a 181,55 milhões de toneladas

A estimativa para a produção de grãos no período 2012/13 deve ficar entre 176,82 e 181,55 milhões de toneladas, de acordo com o segundo levantamento de safra divulgado ontem, 8 de novembro de 2012, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em Brasília (DF). O valor representa um aumento entre 6,4% e 9,3% comparado à safra passada, que chegou a 166,17 milhões de toneladas.

A soja é o destaque entre as culturas quanto ao crescimento de produção, com acréscimo estimado entre 13,71 milhões e 16,61 milhões de toneladas em relação à safra anterior. Já o milho primeira safra apresentou uma elevação entre 216,6 mil e 1,52 milhão de toneladas, enquanto o feijão primeira safra deve variar entre -1,4 mil e 49,3 mil toneladas – resultado dos altos preços do grão no mercado, que ocorre devido à quebra de safra dos principais países exportadores.

Quanto aos efeitos climáticos sobre o plantio de culturas, a demora do início das chuvas ainda não é um parâmetro a ser avaliado, de acordo com o secretário substituto de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Edílson Guimarães. “As chuvas podem se estender e ainda é cedo para afirmar que o clima vá afetara produção de grãos”, destacou.

Quanto à estimativa de área cultivada, esta deve ficar entre 50,89 e 52,22 milhões de hectares, resultado que indica desde a manutenção a um aumento de 2,6% de área em relação ao período 2011/12.

A soja foi o grão que apresentou crescimento de área, em comparação com o estudo das culturas de algodão, arroz, feijão primeira safra e milho primeira safra. A variação é de 5,5% a 9,3% acima do obtido na safra anterior, quando foram cultivados 25,04 milhões de hectares.

Participaram do levantamento cerca de 50 técnicos da Conab que foram a campo nas principais regiões produtoras do país, no período de 22 a 26 de outubro.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Compartilhe: