RS tem três universidades entre as que mais aprovaram no exame da OAB

Postado em 15 agosto 2012 07:42 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Três universidades federais do Rio Grande do Sul estão entre as que mais aprovaram no último exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A lista com os melhores desempenhos foi divulgada nesta terça-feira pela entidade.

No total, são 20 universidades públicas e 20 particulares de todo o país. Melhor colocada no Estado, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul aparece em terceiro lugar no ranking geral, com 70,67% de aprovação. As outra duas instituições gaúchas são a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com 65,38% de aprovação, na sexta colocação, e a Universidade Federal de Pelotas (UFPel), com 57,75%, na 13ª colocação.

De 109.649 bachareis que fizeram o VII Exame de Ordem Unificado para se habilitarem ao exercício da advocacia, foram aprovados 16.419, conforme a OAB. Este número representa um percentual de 14,97%. A relação com os nomes dos aprovados, dividida por Estado, pode ser acessada neste link.

Em relação à prova anterior, que teve o resultado divulgado em maio, a UFRGS subiu duas posições, apesar de o índice ter diminuído — de 79,31% para 70,67%. UFSM e UFPel não apareceram na lista anterior.

Alunos da Universidade Federal de Viçosa (73,08%), de Minas Gerais, e da Escola de Direito da Fundação Getulio Vargas (73,68%), do Rio de Janeiro, tiveram os melhores índices de aprovação. O curso da Fundação Getulio Vargas é o único particular entre os 20 primeiros. Confira a lista completa:

Instituições de Ensino Superior públicas:

1. Fundação Universidade Federal de Viçosa (73,08%)
2. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (70,67%)
3. Universidade Federal do Paraná (69,77%)
4. Universidade Federal de Sergipe (67,69%)
5. Universidade Federal de Santa Maria (65,38%)
6. Universidade Federal do Espírito Santo (60,87%)}
7. Universidade Federal da Paraíba (60,71%)
8. Universidade Federal do Rio Grande do Norte (60,71%)
9. Universidade de Brasília (59,09%)
10. Universidade Federal de Goiás (59,02%)
11. Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (58,70%)
12. Universidade Federal de Pelotas (57,75%)
13. Universidade de São Paulo (57,36%)
14. Universidade Federal de Juiz de Fora (57,14%)
15. Universidade Estadual de Maringá (56,57%)
16. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (56,10%)
17. Universidade Federal de Minas Gerais (56,04%)
18. Universidade Federal de Santa Catarina (55,56%)
19. Universidade Federal Fluminense (54,00%)
20. Universidade do Estado do Rio Janeiro (53,85%)

Instituições de Ensino Superior privadas:

1. Escola de Direito do Rio Janeiro – FGV (73,68%)
2. Faculdades Integradas de Vitória (53,23%)
3. Universidade Salvador (50,93%)
4. Escola de Direito de São Paulo (45,45%)
5. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (44,44%)
6. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (44,44%)
7. Faculdade de Direito Nilton Campos (42,42%)
8. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (40,41%)
9. Inst. de Ciências Jurídicas e Sociais Prof. Camilo Filho (38,81%)
10. Universidade Presbiteriana Mackenzie (36,48%)
11. Faculdade Baiana de Direito e Gestão (35,71%)
12. Centro Universitário Barriga Verde (34,78%)
13. Faculdades Integradas Machado de Assis (33,33%)
14. Universidade do Oeste de Santa Catarina (33,33%
15. Inst. Superior de Ciências Humanas e Filosofia La Salle (32,65%)
16. Pont. Univ. Cat. de Minas – Campus Coração Eucarístico (32,49%)
17. Universidade Estácio de Sá – Nova Friburgo (32,47%)
18. Universidade do Oeste de Santa Catarina – Joaçaba (32,22%)
19. Universidade Cândido Mendes (32,14%)
20. Universidade Estácio de Sá – Campos dos Goytacazes (32,14%)

Clicrbs

Postado em 15 agosto 2012 07:42 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop