Rio Grande do Sul completa dez meses de pandemia

O Rio Grande do Sul completou no início de semana dez meses de convivência diária com a preocupação com o coronavírus.

O primeiro caso foi confirmado em 10 de março. Era um homem, de 60 anos, residente em Campo Bom, que teve histórico de viagem para Milão, na Itália. Desde então, foram mais de 482 mil casos confirmados, com mais de 45 mil casos novos por mês em média.

Passo Fundo ocupa a quarta colocação no Rio Grande do Sul, em número de registros. Ontem, foi superada a marca dos 15 mil casos: são 15.054. Em média, são 1.500 novos infectados no município, a cada mês. Ontem, foram 99 casos a mais. Com mais casos que Passo Fundo aparecem apenas Porto Alegre, Canoas e Caxias do Sul.

Onze pessoas que residiam em Passo Fundo vieram a óbito até este momento pelo coronavírus no ano de 2021. As vítimas são seis homens e cinco mulheres. Nessa segunda-feira (11) foi confirmado o falecimento de um homem de 45 anos pela doença. Foi o primeiro registro de óbito do ano de pessoas com menos de cinquenta anos de idade. O número de casos ativos não baixou da marca de 800 ainda em 2021. A última vez foi em dezembro.

São 811 passo-fundenses que foram contaminados e ainda não podem ser considerados recuperados da doença. Ainda no Rio Grande do Sul, foram infectados desde o início da pandemia 23.269 profissionais da área de saúde. Entre os presos, foram 972 infectados.

Planalto News

Compartilhe: