Rede Escola de Governo promove o I Encontro Estadual sobre políticas públicas para LGBTs

CRUZ ALTA – A FDRH/Rede Escola de Governo promove em parceria com a Universidade de Cruz Alta (Unicruz) e a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos promove o 1º Encontro Estadual de Gestores e Gestoras de Políticas Públicas para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Simpatizantes (LGBTs).

A atividade faz parte do programa de formação continuada desenvolvido pela Rede Escola de Governo e Unicruz em Gestão de Políticas Públicas para os Direitos Humanos com ênfase em Diversidade Geracional e Sexual. Oportunizar aos gestores espaços de reflexão e discussão das questões de identidade de gênero, orientação sexual, homofobia e direitos humanos é um dos objetivos do Encontro.

A atividade acontece dia 26 de junho, na sede da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), em Porto Alegre.

As inscrições podem ser feitas, de forma gratuita, pela internet, no endereço: http://nic.unicruz.edu.br/LGBTs/. Mais informações podem ser obtidas pelo fone (55) 3321-1606, nos turnos da manhã e tarde.

Programação

08h: Recepção e Credenciamento
08h30min: Café da Manhã com o Secretário de Estado da Justiça e Direitos Humanos, Fabiano Pereira.
09h: Mesa de Abertura – Hino Nacional – Vídeo do POD (Programa de Oportunidades e Direitos)
9h30min: Mesa 01: DISQUE DIREITOS HUMANOS E PERSPECTIVAS NO ACOMPANHAMENTO DE DENÚNICAS DE VIOLÊNCIA HOMOFÓBICA.
Ivanilda Dida Figueiredo – Ouvidoria da Secretaria de DH da Presidência da República
10h45MIN: Mesa 02: O PAPEL DO GESTOR PÚBLICO LGBT E A IMPORTÂNCIA DE UMA REDE DE PROTEÇÃO DE DIREITOS DE LGBTs.
Leonardo Bastos – FONGES-LGBT (Fórum Nacional de Gestores LGBT)
12h: Almoço
13h30min: Mesa 03: O PAPEL DO EDUCADOR NA CONSTRUÇÃO DA ESCOLA SEM HOMOFOBIA
Marina Reidel – ANTRA (Associação Nacional de Travestis e Transexuais)
14h15min: Trabalhos em Grupo – Como construir uma rede de proteção de Direitos de LGBTs fortalecida e com fluxo?
15h: Mesa 04: O MAPA DA EPIDEMIA DE DST/AIDS NO RIO GRANDE DO SUL
Ricardo Charão / Alessandra Alberti – Secretaria de Estado da Saúde
15h30min: Partilha de Experiências dos Municipios
Encaminhamentos
16h30min: Shows
FAbiely Kimberly
Dandara Rangel

Ao final do encontro, haverá a sistematização das discussões do dia. Está programada uma série de seminários sobre a temática. Doze cidades gaúchas receberão os seminários “Rio Grande sem Homofobia”, são elas: Cruz Alta, Santo Ângelo, Passo Fundo, Candiota, Santa Maria, São Leopoldo, Pelotas, Caxias, Alvorada, Canoas, Uruguaiana e Santa Cruz do Sul.

Unicruz

Compartilhe: