Quando fazer alinhamento e geometria nos pneus?

O alinhamento e geometria nos pneus são serviços que garantem maior segurança na estrada, prevenindo acidentes e desgastes excessivos. Mas para que cada um serve e quando fazê-los?

Alinhamento
O alinhamento proporciona menor resistência ao rolamento, garantindo melhor dirigibilidade. Este serviço deve ser realizado a cada 5 mil Km rodados ou ainda quando os pneus forem substituídos, apresentarem desgastes excessivos ou quando o veículo estiver puxando para um dos lados.

Geometria
Recomenda-se realizar a geometria também a cada 5 mil Km rodados. Além disso, a geometria é aconselhada sempre que houver grandes impactos contra buracos, pedras ou outros objetos, quando forem substituídos itens da suspensão ou direção, quando os pneus apresentarem desgastes irregulares e na colocação de novos pneus.
A geometria também engloba algumas regulagens específicas, dependendo da posição dos pneus. Conheça melhor estas regulagens:

Convergência – Trata-se de posição de rodas mais fechadas que o padrão estipulado pelo fabricante do veículo. É o ajuste de ângulo que se faz nas barras de direção das rodas dianteiras para que fiquem levemente fechadas conforme especificações do fabricante. A finalidade é de evitar oscilações laterais e desgastes na banda de rodagem em forma de escama na região do ombro.

Divergência – Diferente da convergência, esta caracteriza-se pela posição de rodas dianteiras mais abertas que o recomendável.
Se os valores de divergência e convergência estipulados pelo fabricante do veículo estiverem alterados, os pneus poderão sofrer desgaste irregular em forma de serra, o qual provocará aceleramento no desgaste do pneu.

Câmber – É a inclinação da roda de um veículo em relação ao plano horizontal, sendo que este é denominado “ângulo de cambagem” (câmber) e será positivo (+) quando a parte superior da roda se inclinar para fora e negativo (-) quando ela se inclinar para dentro. Quando as medidas originais do veículo estão fora do padrão, o condutor notará que o veículo fica puxando para um dos lados, tendo perda na estabilidade, aumento do consumo e desgaste irregular nos pneus.

Cáster – Trata-se do ângulo do pino mestre em relação à linha vertical passando pelo centro da roda. Este proporciona firmeza e estabilidade na direção permitindo dirigir em linha reta com esforço mínimo. Quando este ângulo de cáster encontra-se fora das medidas padrões, a direção torna-se pesada.

A GF Pneus dispõe de equipamentos de alta tecnologia para realizar alinhamento e geometria, além de equipe especializada. Ligue para (54) 3385-3200 e tire suas dúvidas.

(Redação e foto: Mariângela Palmeira – Assessoria de Comunicação e Marketing)

Compartilhe: