Professores da Ulbra participam de Encontro de Engenharia de Produção

CARAZINHO – Aconteceu neste mês, em Bento Gonçalves o XXXII ENEGEP, que é o maior Congresso de Engenharia de Produção do Brasil, organizado pela ABEPRO. Os Professores do curso de Engenharia de Produção da Ulbra Carazinho, Fabio Redin e Mario Mello foram convidados pela organização do evento e ministraram, no Congresso, curso sobre Liderança e Sustentabilidade na Engenharia de Produção. O curso teve todas as vagas preenchidas nos primeiros dias de inscrição e contou com participantes, entre acadêmicos e professores, do Rio de Janeiro, Amazonas, Pará, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul.

Referente a um dos assuntos abordados no evento, o professor Mario destacou que a Liderança Sustentável não é apenas mais um diferencial nas empresas e sim a própria sobrevivência delas, pois este Líder conjuga resultados econômicos, sociais e ambientais. “Na Engenharia de Produção, este profissional está cada vez mais procurado no mercado, pois, as empresas estão se dando conta da importância de valorizar as questões e as práticas sustentáveis. É preciso, pois investir na educação desses profissionais desenvolvendo novos Líderes com características sustentáveis”, ressaltou o professor da Ulbra.

Mario salienta que quatro propósitos principais são necessários e esperados para um profissional trilhar o caminho da Liderança Sustentável: 1) Coragem para enfrentar resistências e romper barreiras; 2) Crença firme e coerência entre discurso e atitudes; 3) Inserir o tema sustentabilidade na cultura da empresa e; 4) Ter visão coletiva e acreditar nas pessoas identificando oportunidades e criando soluções.

A análise de realidades complexas das organizações, com a competitividade acirrada no mercado, não pode mais ser feita com raciocínio simplista, mas sim com uma visão muito mais ampliada. Essa visão sistêmica, onde está incluso o desenvolvimento sustentável, necessária aos profissionais da Engenharia de Produção é muito enfatizada e abordada com nossos acadêmicos durante o curso, disse o professor de engenharia da Ulbra.

(Assessoria de Imprensa – Ulbra Carazinho)

Compartilhe: