Professor sucesso no YouTube palestrará em Portugal

CARAZINHO – O professor da ULBRA Carazinho, Neri Neitzke, sucesso no YouTube com 7,5 milhões de acessos nas suas 4.300 videoaulas, palestrará em Portugal na próxima semana. Nos dias 22 e 23 de maio, Neitzke levará um pouco de seus conhecimentos aos estudantes da Universidade Fernando Pessoa e do Instituto Superior de Engenharia de Porto.

Esqueça o vídeo “Para nossa alegria” e muitos outros que “grudam” multidões de pessoas nas telas de seus computadores. O “barato” agora são as videoaulas do professor Neri, que utiliza a rede social YouTube para mostrar um pouco do seu trabalho com a informática em todos os níveis. Com mais de 7,5 milhões de acessos no site, em suas 4.300 aulas postadas, o coordenador do curso de Sistema de Informação da ULBRA Carazinho transmite conhecimento de forma descontraída e de simples linguagem para facilitar o aprendizado.

Temas diversos são tratados de forma irreverente pelo professor, que vive em Carazinho, interior do Rio Grande do Sul. Para quem assiste é uma certeza de solucionar dúvidas de maneiras muito simples, não necessitando de grande conhecimento técnico. Interessado em criar seu próprio site? Tirar a cor avermelhada dos olhos em fotografias? Programar o sistema Oracle? Jawa? HTML? Quer criar sua própria rede social? Sites estáticos ou em flash? Criar seu próprio jogo para dispositivos mobile? Tudo é possível, desde que esteja disposto a pesquisar as aulas no YouTube e dedicar um pouco do tempo.

A marca de 7,5 milhões de acessos foi atingida em 2012, mas as postagens começaram ainda em 2006. Um dos objetivos era mostrar como era feita a programação na década de 90 e como é feita hoje. “Em 1992 comecei a atuar na área de informática e a primeira linguagem de programação a qual tive acesso foi o Clipper, com o qual trabalhei até 1997, quando conheci a ferramenta Delphi, com a qual trabalho até hoje, dentre outras. Eu mesmo levei muito tempo para aprender a programar em Clipper. Quando fui convidado para ser docente na Universidade quis achar uma forma bacana de facilitar e agilizar o aprendizado em Java, que inclusive para mim foi por muito tempo um ‘bicho de sete cabeças’”, comentou.

Neri já protagonizou cenas inusitadas. Durante o 10º Fórum do Software Livre, em Porto Alegre, seus alunos estranharam quando pessoas desconhecidas demonstravam assédio ao professor. Os acadêmicos de universidades de outros estados, ao verem o professor Neri, apressaram-se para pedir autógrafos e tirar foto com ele.

As gravações ocorrem normalmente em sua casa, durante a madrugada, depois das aulas na ULBRA Carazinho. “É engraçado porque eu não costumo editar nada, vou falando e explicando. Às vezes meus filhos ou a minha esposa vêm falar comigo, e tudo isto consta nos vídeos. Acredito que desta maneira consigo me aproximar de quem está assistindo”, declarou.

O professor conta que não são raras às vezes em que as pessoas ligam para sua casa e conversam com a família como se fossem velhos conhecidos. “Acho que devido a esta simplicidade e pela maneira de explicar as matérias de forma coloquial, que as videoaulas têm tantos adeptos”, palpitou. Neri responde diariamente a dezenas de e-mails e pedidos de todas as partes do planeta.

O professor Neri Neitzke é coordenador do curso de Sistemas de Informação da ULBRA Carazinho, atua no ramo da informática desde 1992. Graduado em Tecnologia em Processamento de Dados, é pós-graduado em Desenvolvimento de Softwares com Ênfase em WEB.

Quem tiver interesse em conferir as aulas pode acessar, sem custo algum, todos os conteúdos, além de interagir direto com o professor Neri e solicitar ou opinar sobre o conteúdo do canal. www.youtube.com/nerineitzke.

Ulbra Carazinho

Compartilhe: