Produtores associados aprendem informática para melhorar gerenciamento da propriedade

A Cooperativa Santa Clara formou 111 produtores no Curso de Informática promovido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/RS), visando a qualificação das propriedades leiteiras, através do controle das finanças com programas de computador. Os produtores formandos, das regiões de Carlos Barbosa, Estação, Paraí, Veranópolis e Tapera, compareceram na sede da Associação de Funcionários da Cooperativa Santa Clara (ASCLA), em Carlos Barbosa, na terça-feira (11), para receber seu certificado de conclusão do curso.

O presidente Rogério Bruno Sauthier deu as boas-vindas aos produtores formandos, seguido pela explanação do diretor Administrativo Financeiro, Alexandre Guerra, que parabenizou os formandos, ressaltando a conquista dos produtores. Representando a presidência do Sescoop, Nara Beatriz Rodrigues, se pronunciou em nome da entidade parceira, felicitando os concluintes.

O gerente do Departamento de Política Leiteira, João Seibel, falou na abertura, ressaltando o investimento da Santa Clara na qualificação dos produtores, com a realização de cursos desde 1996. Com cursos de manejo de transição e criação de terneiras, produção de leite, produção de alimento, além de informática, já formou mais de 2.060 produtores.

Após, foram entregues os certificados a todos os alunos concluintes, seguindo com o depoimento da produtora Aline Dalmás, de Carlos Barbosa, que realizou o curso no ano passado e já aplica os conhecimentos na sua propriedade.

Para produtores, curso auxilia no manejo da propriedade

As aulas aconteceram semanalmente, entre os meses de maio e agosto, abrangendo desde as noções básicas de informática até o uso do Excel especificamente para o gerenciamento da propriedade leiteira. Os participantes ainda aprenderam a otimizar pesquisas na internet em relação a propriedade leiteira e atualizarem-se com sites interessantes à produção de leite, além de uso de e-mail pessoal.

Para a produtora Claudia Eckstein, de Tapera, o curso é fundamental para entender melhor a propriedade, que hoje possui 37 vacas em lactação. “No início não imaginei que o curso seria de tão bom aproveitamento, mas já estou aplicando na propriedade e quero dia após dia colocar em prática para melhorar ainda mais. Tanto o curso de informática, como todos os cursos que a Santa Clara proporciona para nós eu indico, porque o aproveitamento é muito grande”, destaca.

Também aluna do curso de informática e moradora de Erebango, a produtora Maritania Guterres diz que realizar o curso foi fundamental para auxiliar na lida diária. Com ajuda dos filhos para administrar a propriedade que possui 30 vacas em produção, Maritania destaca os conhecimentos que adquiriu. “Eu fazia o controle de propriedades em fichas e ia passando ao técnico da Cooperativa. Quando me convidaram não pensei duas vezes em fazer o curso. Além de reduzir o tempo, nós reduzimos custos, melhoramos qualidade e aumentamos plantel”, explica.

Sobre a Santa Clara

Com 100 anos completados em 10 de abril de 2012, a Cooperativa Santa Clara, com sede em Carlos Barbosa, é a mais antiga cooperativa de laticínios em atividade no Brasil, contando atualmente com mais de 4.400 associados. Hoje são mais de 200 itens nas linhas de frigorífico e laticínios, atuando ainda com Fábrica de Rações, Cozinha Industrial, Farmácia, nove supermercados, um atacado e nove mercados agropecuários, localizados nas regiões onde a Cooperativa possui associados.

(Assessoria de Imprensa – Cooperativa Santa Clara)

Compartilhe: