Primeiros dias da cobrança de pedágio sem grandes transtornos na região

Postado em 11 fevereiro 2020 14:36 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Apesar de algumas praças registrarem alguns problemas com o começo da cobrança de tarifa, em Victor Graeff não houve registro de grandes problemas entre o domingo (9) e esta segunda-feira (10)

Iniciou a 0 hora do domingo (9) a cobrança de pedágios nas cinco novas praças instaladas nas BRs 386 e 101 concedidas à iniciativa privada no ano passado. Administrada pela CCR ViaSul, as duas rodovias, além das BRs 290 e 448, passaram por várias melhorias durante o último ano até o início efetivo da cobrança de pedágio (a BR 290 teve a cobrança iniciada ainda em 2019 e a BR 448 não terá pedágios).

Ao todo, conforme a concessionária, as quatro rodovias administradas pela empresa já receberam um investimento aproximado de R$ 350 milhões em diversas obras no decorrer do primeiro ano de operação. Na BR 386, onde há quatro praças de pedágio, uma das primeiras ações realizadas pela concessionária foi a renovação do revestimento asfáltico, limpeza das margens da rodovia e instalação de nova sinalização.

Em relação aos primeiros dias de cobrança de pedágios, em alguns locais houve relatos de confusão e desorganização dos funcionários. Já na praça de Victor Graeff, conforme usuários da via contatados pela reportagem do Diário, não houve relato de grandes problemas enfrentados no ponto durante o domingo e esta segunda-feira (10).

Como o serviço ainda é novidade para muitos condutores, a orientação da empresa é de atenção e redução da velocidade ao passar pelas praças. Também é orientado a redução da velocidade nas pistas de passagem automática, já que a liberação das cancelas pode não ocorrer de forma tão célere.

Valor é de R$ 4,40 por eixo
O valor do pedágio nas cinco praças que iniciaram seu funcionamento no domingo é de R$ 4,40 para veículos leve ou por eixo, no caso de veículos de carga e ônibus. A cobrança é efetuada nos dois sentidos da rodovia. A data de início da cobrança foi definida após autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

De acordo com a assessoria de imprensa da CCR ViaSul, o contrato de concessão não prevê isenção de tarifa, a exceção de veículos oficiais, próprios ou contratados de prestadores de serviço da União, Estados, municípios ou do Distrito Federal. Também ficam isentos dentro dessas especificidades órgãos e departamentos públicos, autarquias e fundações públicas, bem como veículos de corpo diplomático. Em caso de eixos suspensos, a isenção da cobrança do eixo levantado é efetuada apenas se o veículo estiver vazio.

Todas as cinco novas praças administradas pela CCR ViaSul possuem pistas de passagem automática. A adesão ao sistema de cobrança eletrônica é feita diretamente com as operadoras prestadoras desse tipo de serviço.

Obras estruturantes prosseguem neste ano
Como prevê o contrato de concessão das rodovias gaúchas administradas pela CCR ViaSul, as obras estruturantes, especialmente na BR 386, terão prosseguimento já a partir deste ano. Com a finalização da instalação das praças de pedágio e com os serviços de atendimento médico e de socorro já em andamento, os trabalhos se voltam ao início das ampliações.

O primeiro trecho da BR 386 que será duplicado é entre Lajeado e o começo da serra (no sentido a Soledade). O percurso deverá ter os trabalhos iniciados ainda no decorrer de 2020. Na sequência, a CCR ViaSul estima duplicar o trecho entre Tio Hugo até próximo a Soledade prosseguindo com o percurso que abrange a serra e concluindo a duplicação no trecho final de concessão da rodovia, no Norte do Estado. Na região de Carazinho, a expectativa é de que as primeiras obras de duplicação da via iniciem a partir de 2029.

Além da duplicação, a CCR ViaSul precisa manter a qualidade do asfalto e a sinalização em boas condições. Também estão previstos no contrato a instalação de elevados, passarelas, manutenção na iluminação (que no caso carazinhense inclui apenas o trevo da bandeira), entre outras obras pontuais.

Estrutura das novas praças de pedágio
BR 101
Três Cachoeiras (Km 35,2) – 12 pistas, sendo 2 automáticas, 2 manuais, 2 mistas e 6 bidirecionais.

BR 386
Victor Graeff (km 204,4) – 5 pistas, sendo 2 automáticas, 2 mistas e 1 bidirecional.

Fontoura Xavier (km 262,7) – 8 pistas, sendo 2 automáticas, 2 mistas e 4 bidirecionais.

Paverama (km 375,8) – 10 pistas, sendo 2 automáticas, 2 manuais, 2 mistas e 4 bidirecionais.

Montenegro (km 426) – 14 pistas, sendo 2 automáticas, 4 manuais, 4 mistas e 4 bidirecionais.

Tabela de tarifas

Diário da Manhã

Postado em 11 fevereiro 2020 14:36 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop