PASSO FUNDO – Secretário da Administração Penitenciária afirma que presídio feminino será construído no município

O projeto para o novo presídio feminino em Passo Fundo já existe e está na Secretaria Estadual de Obras. A nova unidade abriria 388 vagas no sistema penal. O prazo para iniciar a obra, após a licitação, é de 12 meses e o terreno é do Estado. A cadeia será feminina.

O Presídio Regional de Passo Fundo e o Instituto Penal sofrem há anos com a superlotação e a construção de uma nova unidade é uma necessidade antiga, tanto para o munícipio, como para a região. Conforme o Secretário da Administração Penitenciária do Estado, Cesar Faccioli, o governo tem conhecimento dos problemas que ocorrem aqui e anunciou ontem na Uirapuru a construção de um presídio feminino na cidade.

Faccioli visitou a casa prisional e pode ter uma noção da realidade vivida no presídio. Assim, a Secretaria de Administração Penitenciária busca melhorar as condições tanto para os apenados, como para os servidores da Susepe.

De acordo com o secretário, o Estado tem um plano de expansão de vagas no sistema prisional. O governo gaúcho está buscando recursos para que isso ocorra. Estão previstos a construção de quatro novos presídios no Rio Grande do Sul. As unidades seriam em Passo Fundo, Alegrete, Rio Grande e Erechim. Além disso, haveria ampliação do presídio de Lagoa Vermelha.

A expectativa é que a licitação para contratar uma empresa para a construção das unidades saia ainda no mês de fevereiro. O governo do Estado trabalha em parceria com as prefeituras das cidades para garantir que as obras saiam do papel.

De acordo com Faccioli, o projeto para o novo presídio feminino em Passo Fundo já existe e está na Secretaria Estadual de Obras. A nova unidade abriria 388 vagas no sistema penal. O prazo para iniciar a obra, após a licitação, é de 12 meses e o terreno é do Estado. A cadeia será feminina.

Rádio Uirapuru

Compartilhe: