PASSO FUNDO – Professor da UPF participa de debate do Conselho Regional de Economia

Postado em 15 março 2016 07:23 por jeacontece
15.292.411/0001-75

O coordenador do curso de Ciências Econômicas da Universidade de Passo Fundo (UPF), professor Julcemar Bruno Zilli, esteve presente no Economia em Pauta, evento do Conselho Regional de Economia (Corecon), ocorrido em Porto Alegre, no dia 9 de março, onde foi debatida a temática “O Novo Corecon/RS”.

Também participaram da discussão a presidente do Conselho, Simone Magalhães, o presidente da Associação dos Economistas da Região da Serra Gaúcha (Ecoserra), Carlos Wanderlei da Silva, e o presidente da Associação dos Economistas da Região Sul do RS (Aeconsul), Sylvio Motta. Questões referentes às reestruturações da entidade e de suas associações e delegacias do interior do estado, ao mercado de trabalho, às relações com a comunidade, e a empresas e universidades das diferentes regiões do estado foram abordadas pelos convidados.

Em sua explanação, o professor Julcemar, que também atua como diretor de Relações Institucionais da Associação dos Economistas do Planalto Médio (Asseplam), mencionou a importância da cinquentenária Associação na história da economia da região do Planalto Médio. Relatou que a entidade, sob a presidência do professor da UPF Marco Antônio Montoya, conta atualmente com 213 associados, e que tem desenvolvido, ao longo desse tempo, ações de grande interatividade com as entidades de classe da região, inclusive com cadeiras de representação junto à Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL); à Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio (Acisa); aos Conselhos Regionais de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Coredes) e à própria Universidade, por meio de sua Fundação.

Ainda, lembrou que a área de atuação da Asseplam na região compreende a mesma área de atuação de três Coredes, o que tem implicado uma série de reuniões e debates junto a prefeitos, vereadores e lideranças de diversos segmentos políticos, empresariais e da sociedade como um todo. “Aí está a importância dessas atividades para mostrarmos o que o profissional de economia pode fazer pela sociedade”, comentou Zilli.

Por fim, o docente contou que somente a UPF já formou mais de dois mil bacharéis em Ciências Econômicas, e destacou que um dos objetivos da Associação é cadastrar esses profissionais e aproximá-los da instituição.

Fotos: Corecon RS
(Assessoria de Imprensa Universidade de Passo Fundo)

Postado em 15 março 2016 07:23 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop