PASSO FUNDO – Prelazia de Cristalândia se despede de dom Rodolfo Weber

“Fica sempre um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas, nas mãos que sabem ser generosas”.

Na homenagem da caravana da Prelazia de Cristalândia, estava o segredo pelo carinho por dom Rodolfo Weber. O arcebispo, que tomou posse na Arquidiocese de Passo Fundo neste domingo, 24, deixou marcas preciosas no Tocantins, onde trabalhou durante seis anos antes de ser transferido para a arquidiocese gaúcha.

De Cristalândia a Passo Fundo, foram 2640 km percorridos. “Nos encantamos com caminhos, estradas, cenários e pessoas que encontramos no trajeto. O desejo de estarmos na vossa presença em tão belo momento, nos fez incansáveis, nas 47 horas e 36 min de viagem até aqui”, declarou Djhanyra Bonfim, representante dos 41 peregrinos que participaram da Celebração na Catedral Metropolitana.

Segundo eles, a distância ou o tempo empenhado no caminho ainda é pouco para poder agradecer a dom Rodolfo o bem que fez a todo o povo da Prelazia de Cristalândia. Presenteando o arcebispo com lírios colhidos durante a viagem, os Cristalandenses afirmaram: “Nesta simbologia maravilhosa de simplicidade e de humildade, está o aprendizado dos anos cristalizados em que nos ensinastes”.

Entregando com carinho dom Rodolfo a Arquidiocese de Passo Fundo e relembrando o seu lema de episcopado, Djhanyra concluiu: “Com a nossa bênção, ide e evangelizai”.

(Victória Holzbach – Assessora de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo)

Compartilhe: