PASSO FUNDO – Operação combate quadrilha que falsificava assinaturas de delegados

Postado em 12 fevereiro 2020 09:07 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Quadrilha tentou aplicar o golpe em Passo Fundo; criminosos fraudavam documentos para retirar de depósitos veículos sequestrados pela Justiça

A Polícia Civil cumpriu ordens judiciais de indisponibilidade de bens relativa à Operação Impostore, nesta semana.

A etapa da operação visa o sequestro de bens de quatro indiciados, entre contas bancárias, casas e veículos, o que totaliza seis ordens judiciais.

A quadrilha foi responsável, em 2019, pela retirada de veículos dos Depósitos do Detran/RS, apreendidos em investigações policiais de lavagem de dinheiro e de outras delegacias do Estado, de forma fraudulenta, mediante estelionato, uso de documentos falsos, dentre outras técnicas criminosas.

Os criminosos tentaram, sem sucesso, retirar um veículo de um depósito de Passo Fundo, no ano passado.

A quadrilha falsificava documentos e assinaturas de delegados nos golpes.

De acordo com a PC, três veículos foram subtraídos; destes dois recuperados.

Desse modo, um caminhão de grande porte segue desaparecido.

O inquérito policial da operação Impostore foi remetido no mês de dezembro com cinco indiciamentos, por crimes de estelionato, uso de documento falso, receptação e associação criminosa.

Segundo o delegado Adriano Nonnenmacher, o sequestro de bens cumpridos servirão de garantia a possível ressarcimento ao Estado em caso de condenação.

Foto: divulgação PC
Diário da Manhã

Postado em 12 fevereiro 2020 09:07 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop