PASSO FUNDO – Lojas de materiais escolares projetam queda de 40% nas vendas deste ano

Muitos pais e estudantes devem reaproveitar produtos da lista de material escolar do ano passado.

As lojas especializadas em materiais escolares projetam uma queda de 40% nas vendas deste ano. Embora as aulas estejam programadas para retornar entre fevereiro e março em Passo Fundo, o setor prevê pouco movimento.

Conforme o proprietário da loja Ponto Útil, Juliano Tognon, muitos pais e estudantes compraram a lista de materiais completa no ano passado e a maioria dos itens não foram utilizados, pois praticamente não teve aula em 2020.

De acordo com o empresário, por isso poucos produtos devem ser comprados pelos estudantes, que irão reaproveitar materiais que já tem em casa. Além disso, o movimento é pequenos nas lojas especializadas.

Conforme Tognon os fornecedores de produtos para estudantes já registram queda nas vendas e na produção. Em alguns itens a produção caiu pela metade. Ainda não é registrada falta de mercadoria, pois as lojas estão com o estoque abastecido.

No entanto o empresário projeta que quando a volta às aulas se aproximarem a correria em busca pelos materiais escolares será grande. Tognon explica que muitas pessoas ainda não estão confiantes no retorno e quando chegar próximo da data de voltar para as salas de aula as vendas vão ser melhores.

Mesmo assim, a queda será visível e motivada pela pandemia. Outro fator que pode influenciar nas vendas mais baixas são os preços. Conforme o empresário, alguns produtos sofreram reajustes e estão mais caros em função da falta de matéria-prima.

Os itens menos vendidos devem ser mochilas e estojos, já caneta, lápis, borracha – os materiais básicos – terão maior procura, avalia Juliano Tognon.

Compartilhe: