PASSO FUNDO – Curso de Direito da UPF recebe Selo de Qualidade OAB Recomenda

A qualidade do ensino ministrado no curso de Direito da Universidade de Passo Fundo (UPF) ao longo de quase 60 anos de história mais uma vez é reconhecida em nível nacional, através do Selo de Qualidade OAB Recomenda. Em sua quinta edição, com o tema “Educação Jurídica de Qualidade – Garantia Constitucional”, a premiação consiste no reconhecimento das Instituições de Ensino Superior nas quais o curso de Direito atendeu os critérios estabelecidos pela Comissão Especial para Elaboração do Selo OAB, visando contribuir com a valorização do ensino jurídico de qualidade.

A Cerimônia de Entrega da quinta edição do Selo de Qualidade OAB ocorrerá no dia 13 de janeiro de 2016, às 10 horas, na sede do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, em Brasília/DF. O reitor da UPF José Carlos Carles de Souza e o diretor da Faculdade de Direito (FD) Rogerio da Silva representarão a Universidade na solenidade.

Para o reitor, a conquista de mais um Selo de Qualidade OAB Recomenda é resultado do compromisso institucional que, ao longo dos anos, vem sendo imprimido aos cursos de graduação e pós-graduação da UPF. “Dedico a comenda aos docentes, funcionários, alunos e egressos do curso de Direito da UPF, cujo empenho é marcado pelo compromisso com a qualidade e excelência acadêmica da Universidade em nível nacional”, ressalta.

De acordo com Rogerio da Silva, a obtenção desse reconhecimento evidencia a qualidade do trabalho desenvolvido por todos os professores, funcionários e alunos da Faculdade e a coloca num patamar de destaque, integrando o seleto grupo dos melhores cursos de Direito do país.

Saiba mais
Criado em 2001, o programa OAB Recomenda confere selo de qualidade às Instituições de Ensino Superior em Direito que cooperam para melhorar a qualidade do ensino jurídico no Brasil. Esse é o objetivo principal da OAB ao conferir o certificado do Selo de Qualidade OAB Recomenda aos cursos de Direito avaliados pela entidade como os de melhor qualidade do país.

Crédito: Gelsoli Casagrande
(Assessoria de Imprensa da UPF)

Compartilhe: