PASSO FUNDO – Attolini não confirma continuidade no cargo de técnico do ECPF em 2021

Por enquanto, profissional segue atuando em funções administrativas no futebol do Tricolor

O ano de 2020 foi intenso para Ricardo Attolini. Se o experiente profissional iniciou a temporada como gerente de futebol do Esporte Clube Passo Fundo, encerrou o ano como técnico do time. Ainda, participou de reuniões e negociações que culminaram no cancelamento da Divisão de Acesso. Agora, vive um período de incertezas quanto a como será o 2021.

Recapitulando: o EC Passo Fundo estava na Chave A da Divisão de Acesso, tendo como treinador Paulo Porto, quando o ano de 2020 iniciou. Porém, com apenas três rodadas disputadas – e três empates – o Tricolor viu a competição ser paralisada pela pandemia. Posteriormente, o campeonato foi encerrado. Aí os profissionais (incluindo Porto) acabaram dispensados. Entretanto, o clube definiu por jogar a Copa Ibsen Pinheiro. E aí Ricardo Attolini assumiu a casamata, levando o time até a semifinal, quando perdeu para o vice-campeão São José-Poa.

Embora o presidente Volnei Trapasson já tenha declarado a intenção de manter Attolini como treinador, o profissional trata do futuro com certa indefinição. “Ainda não sabemos o que vai acontecer em campo. Não sabemos sei permanecerei como treinador ou não. Neste momento voltei a função de gerente de futebol”, afirma Ricardo Attolini.

De acordo com o gerente/ treinador, não se tem ainda previsão para a realização da Divisão de Acesso em 2021. “Não temos informações sobre a realização da Divisão de Acesso. Teremos que aguardar a vacina para a Covid-19 para depois projetar as competições neste ano. A maioria dos clubes não querem jogar sem a presença de público” pontua.

Momentaneamente, Attolini trabalha em questões administrativas do clube. “Vamos dar ênfase ao retorno da categoria de base, claro, cumprindo todos os protocolos. Estamos observando os jogos, conversando com atletas que estiveram aqui durante a copinha visando este ano. Também estamos negociando situações com algumas empresas que possam apoiar o clube. Quando tivermos um norte em relação à Divisão de Acesso, aí, iniciamos a preparação”, finaliza Ricardo Attolini.

Diário da Manhã

Compartilhe: