PASSO FUNDO – Arquidiocese se despede de Dom Paulo De Conto

A Arquidiocese de Passo Fundo celebrou no último domingo, 20 de dezembro, a Missa em Ação de Graças e despedida de Dom Paulo De Conto, administrador apostólico. Com a Catedral lotada, a comunidade local se despediu do bispo que administrou a arquidiocese desde julho.

A celebração contou com a presença de diversos padres e da comunidade, que agradeceu ao bispo pela doação e disposição em guiar a Igreja Arquidiocesana enquanto não era nomeado um novo arcebispo. “Dom Paulo deixa a marca da alegria, da simplicidade e da humildade. Onde ele estava, não havia tristeza. São as pequenas coisas que deixam marcas”, afirmou padre Fábio de Morais, vigário geral. Se dirigindo ao bispo, o sacerdote ressaltou: “És um bispo, sim, mas acima disso és pai, amigo e companheiro”.

Na ocasião, dom Paulo agradeceu pela acolhida e carinho com que foi recebido, destacando que tentou ser pastor cuidador do povo, especialmente dos padres. Durante a homilia, o bispo rogou que o Natal seja tempo especial de misericórdia. “Diante de tantos rostos ensanguentados, sejamos Verônica, diante de tantos caídos, sejamos samaritanos, diante de tantas cruzes, sejamos Cirineus, diante de tantas travessias perigosas, sejamos Cristófolo e diante de tantos filhos pródigos, sejamos pais misericordiosos”, motivou dom Paulo.

Conhecido pela alegria e disposição, o administrador apostólico reforçou a importância do sorriso: “Todos devem dormir sorrindo para viverem alegres. Precisamos sorrir, abraçar, perdoar, ajudar e fazer com que todos se sintam amados e possam amar”, concluiu.

Dom Paulo ainda permanece como administrador apostólico até o dia 24 de janeiro, data em que dom Rodolfo Weber, arcebispo nomeado pelo Papa Francisco para a Arquidiocese, tomará posse.

(Victória Holzbach – Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo)

Compartilhe: