OPINIÃO – Os bons prevalecem

Postado em 01 março 2013 08:01 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Seja na vida pessoal ou na vida profissional, os bons prevalecem. A velha premissa de que só se fazendo a coisa certa aumenta-se a chance de se manter apto no mercado, está cada vez mais forte.

A transparência nas negociações somada com a capacidade de fazer o melhor torna o indivíduo honrado em sua vida. Fazendo coisas boas e corretas cresce-se tanto no mundo profissional quanto na inserção da sociedade globalizada.

No campo profissional do agronegócio podemos observar o crescimento de grandes conglomerados, que por iniciativas próprias e incentivos governamentais, se transformaram em grandes potências capazes de alimentar o mundo. Os maiores exemplos encontram-se na Brasil Foods, JBS e Grupo Marfrig.

A história dessas companhias é muito parecida. De origem familiar e modesta, se expandiram fazendo um trabalho justo e honrando, sempre assumindo seus compromissos e nunca deixando a visão de expansão para trás.

O ponto culminante é que baseado no crescimento dessas importantes empresas, podemos tirar lições para nossas vidas.

Na produção agrícola, a coerência e o trabalho sério também devem ser focos. Vendas antecipadas com “os pés no chão” precisam ser honradas, independente do caminho que o mercado tomar.

O outro lado da gangorra também deve pesar, uma vez que o comprador só se manterá apto nos anos seguintes caso cumpra milimetricamente tudo que foi pré- acordado.

Como temos a experiência de que tudo na vida não é uma estrada reta, sem obstáculos ou algumas pequenas barreiras, devemos nos agarrar nas melhores soluções para enfrentar as dificuldades diárias. E lembrando sempre que quanto mais justas forem essas soluções, melhor serão para manutenção da continuidade de qualquer atividade.

No mundo atual observamos muitas formas de tentar impedir o bom funcionamento da engrenagem nos negócios. Assim sendo, o sinal de alerta deve estar sempre ligado, uma vez que o prejuízo de qualquer operação mal realizada pode acarretar em sérios problemas, tirando do mercado pessoas que poderiam tornar-se detentoras de conglomerados industriais como as citadas anteriormente.

Portanto, a conclusão maior que podemos observar é que o mundo globalizado continua nos pregando dificuldades, mas caso todos nos unirmos e trabalharmos para um bem comum, certamente serão melhores enfrentadas e a caminhada junto a um futuro promissor será pelo melhor caminho possível.

João Pedro Corazza
Gerente Comercial de Negócios de Commodities da Agroinvvesti

Postado em 01 março 2013 08:01 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop