Operadoras estão entre líderes de reclamações no Procon

Postado em 14 março 2013 07:29 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Alvos constantes de sanções da Agência Nacional de Telecomunicações, as operadoras de telefonia móvel mostraram que realmente causam insatisfação a seus clientes.

Prova disso é o ranking das 50 empresas que mais geraram reclamações ao Procon em 2012, em que Claro, Vivo, Oi e Tim aparecem entre os 11 primeiros.

No ano passado, o Procon recebeu 1.006 reclamações sobre a Claro, das quais 798 foram atendidas e 208 ficaram sem resolução. A operadora só fica atrás do Itaú Unibanco, 1º colocado do ranking, sendo que em 2011 havia ficado em 16º lugar – do setor de telecomunicações, foi a empresa que mais piorou.

Na quarta posição, a Vivo foi alvo de 967 reclamações, com 809 resolvidas – no ano anterior, ela era a 6ª da lista. E a Oi, que foi da 7ª para a 8ª posição, teve 586 denúncias, das quais 440 foram atendidas.

A Tim foi a única a escapar do top 10, ficando na 11ª posição com 559 reclamações: 383 resolvidas. No ano anterior, a operadora estava em 5º.

Quando levados em conta os dados da Fundação Procon em conjunto com os Procons municipais integrados ao Sindec, a Claro se torna 1ª do ranking, com 1.259 reclamações, seguida por Vivo (3ª, com 1.080), Oi (7ª, com 679) e Tim (10ª, com 630).

Além disso, Oi, Claro e Vivo se destacam entre as dez que menos atenderam às reclamações feitas pelos consumidores. Elas apresentam, respectivamente, índices de 51%, 21% e 16% de solicitações ignoradas.

(Olhar Digital)

Postado em 14 março 2013 07:29 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop