Operação de combate à pesca predatória é realizada pelo 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar

Postado em 04 agosto 2022 09:04 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Na quarta-feira (03), equipes do 3° Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Passo Fundo, Carazinho, São José do Ouro, Frederico Westphalen e Lagoa Vermelha, realizaram a Operação Força Verde – Combate à Pesca Predatória.

Na Barragem de Ernestina, as equipes, do 3° BABM de Passo Fundo e Carazinho, realizaram o patrulhamento embarcado, abordando embarcações, identificando pescadores e inspecionando acampamentos. Durante a ação, um dos pescadores fora flagrado, pelos PMs, utilizando redes de pesca em local proibido (estava a menos de 1.500 metros do barramento). Diante da violação, foram apreendidos 280 metros de redes de pesca e uma embarcação. Um Boletim de Ocorrência Policial foi lavrado. Os peixes que estavam presos às redes, foram devolvidos ao ambiente aquático.

Também na Barragem de Ernestina, durante o patrulhamento embarcado, os PMs localizaram, fixados no ambiente aquático, 180 metros de redes de pesca, sem procedência. As redes foram apreendidas e diversos peixes das espécies: Traíra, Jundiá e Cascudos foram devolvidos às águas.

Em Iraí, os policiais militares fiscalizaram locais de acampamento, portos e rampas de transbordo de embarcações, locais com maior incidência de redes irregulares e crimes contra a fauna aquática. Durante a ação os policiais militares abordaram embarcações, não sendo constatadas irregularidades.

Em Lagoa Vermelha, a equipe do 3° BABM realizou o policiamento às margens do rio Santa Rita, interior do município. Foram vistoriados diversos acampamentos.

No município de Barracão, a operação ocorreu no Lago da Usina Hidrelétrica de Machadinho.  Os policiais militares, do 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar de São José do Ouro, realizaram a inspeção em vários pontos de pesca, abordagens a embarcações e a pescadores. Durante a ação, os PMs localizaram no ambiente aquático, seis redes de pesca, totalizando 285 metros. Não foi localizado o(s)  proprietário(s) do petrecho. As redes foram retiradas das águas e recolhidas, para, posterior, incineração.

 

Planalto News

Postado em 04 agosto 2022 09:04 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop