Oficinas proporcionam a prática profissional

CARAZINHO – Durante a oficina “CSI da Investigação Criminal ao Júri” os alunos tiveram a oportunidade de conhecer na prática um pouco da realidade do Direito e da Biomedicina através de uma investigação de um “crime” que ocorreu na frente deles em pleno auditório lotado. “Este tipo de atividade é puro aprendizado porque une a dramaticidade de um fato com o conhecimento elaborado na universidade e em duas áreas totalmente diferentes: Direito e Biomedicina. Se eu fosse um aluno do terceiro ano não perderia uma oportunidade dessas por nada desse mundo porque num evento como esse, todas as dúvidas e ansiedades com relação à escolha profissional podem ser resolvidas em um dia de um modo divertido e interessante”, relatou o coordenador do curso de Direito da Ulbra Carazinho, professor Ronaldo Laux.

Gustavo Dias Fernandes, diretor de marketing e comunicação da OR Games destaca a aplicação de um tipo de marketing experimental em eventos como o da Ulbra. Através desta interação, a OR Games levou diversão e conhecimento, mostrando as novidades e tecnologias de produtos. “Os estudantes adoraram as novidades e se divertiram muito, alguns até ficaram espantadas com as inovações em games que trouxemos aqui no evento”, falou Gustavo.

Roberto Weber, acadêmico do terceiro semestre do curso de Engenharia de Produção na Ulbra Carazinho e um dos integrantes da Banda Sintropia, protagonista do show que animou o evento, acredita que é muito importante dividir o estudo com a interatividade como foi o caso do evento da Ulbra que reuniu escolas de várias cidades da região.

Andressa Guilardi, 17 anos, estudante da Escola São José de Constantina, participou das oficinas de Estética e Cosmética. Ela contou que está em dúvida entre os cursos de Administração e Estética e Cosmética. “O Universitário Por 1 Dia ajudou a conhecer um pouco de cada profissão”, disse a aluna.

(Assessoria de Imprensa – Ulbra Carazinho)

Compartilhe: