Oficina de reciclagem evidencia preservação ambiental

Postado em 15 março 2016 10:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Com 11 hectares, o Espaço da Natureza agrega várias ações

Entusiasmada, a produtora rural Nadia Elisa Grahl Worm, de Ernestina, retornou à Expodireto nesta quinta-feira (10), com intuito de participar da Oficina de Reciclagem no Espaço da Natureza. Para ela, o método, além de ser muito importante para a preservação do meio ambiente, é uma atividade interessante e que pode transformar materiais que iriam para o lixo em utensílios e decoração. “Muitas vezes não sabemos o que fazer com alguns, nem onde descartar, então surge a reciclagem que nos permite reaproveitar muitas coisas, hoje eu quero aprender a fazer uma garrafa para decorar a minha lareira”, declarou a associada da Cotrijal.

Conforme Mareni Bresolin, que está ministrando a oficina, reciclar é contribuir com o meio ambiente e pensar nas futuras gerações. “A reciclagem permite sensibilizar as pessoas de consumir menos, transformando matérias-primas que iriam para o lixo em peças decorativas, utilitárias, que podem ser um presente para alguém, ou até mesmo agregar renda familiar, através da comercialização, e tudo isso pensando no meio ambiente e na sustentabilidade”, destacou a instrutuora do Senar. A gama de materiais que podem ser reutilizados é enorme. Dentre eles: jornal, papelão, metal, vidro, tecido, CD e caixa de leite. E a variedade de produtos que podem ser produzidos é ainda maior.

Além da Oficina de Reciclagem o espaço agrega em seus 11 hectares um Anfiteatro, onde está sendo apresentada diariamente a peça de teatro “Reciclando a Vida”, que dura cerca de 20 minutos e é apresentada às 10h30, 13h30 e 14h30; o Projeto Bosques Gaúchos, com árvores nativas, todas identificadas com nome popular e científico; e também a Casa do Meio Ambiente, onde acontece a exposição do Sistema Campo Limpo em parceria com o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV), que trabalha a destinação ambientalmente correta das embalagens vazias de agrotóxicos. O espaço conta com a presença da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (SEAPI) para esclarecer dúvidas do agricultor.

(Assessoria de Imprensa Expodireto Cotrijal)

Postado em 15 março 2016 10:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop