New Agro Commodities – Informativo do Agronegócio

A semana foi de pequenos ganhos no complexo soja (grão, óleo e farelo). O mercado aguarda o relatório de estoques trimestrais que será divulgado, na segunda-feira (30), pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. A expectativa é de que o boletim traga números ainda mais baixos para os estoques de soja nos Estados Unidos.

De outro lado, a área recorde de soja que será semeada pelos norte-americanos, podendo ocorrer uma produção recorde se o clima colaborar, esfria um pouco os ânimos dos investidores.

No mercado interno, as negociações estiveram lentas nesta semana, pois as esmagadoras estão bem abastecidas. Em função do recuo do dólar, as cotações tiveram uma pequena queda, se comparadas à semana anterior.

As movimentações no mercado de milho seguem focadas no escoamento de grão entre estados. Após o início da colheita da safrinha, os preços no mercado interno despencam diariamente, cenário que se deve pelo aumento gradativo de ofertas.

Os grandes volumes produzidos no centro-oeste rumam em grande escala para os estados do sul do país: Paraná e Rio Grande do Sul e também para São Paulo. Isso acontece com o preço da saca impulsionado com o valor do ICMS incluso no valor final.

Segundo analistas, o quadro só deverá apresentar uma modificação com o aquecimento das exportações.

Em relação ao trigo, a semana foi marcada por dois fatores que tiveram grande repercussão no mercado. Foi reduzida a alíquota do ICMS para a venda de trigo do RS para os outros estados do país, passando de 8% para 2%. Também foi anunciado o fim do imposto de importação de trigo de outros países para o RS.

A cultura começa a sofrer seus primeiros danos em função do excesso de chuvas, com lavouras sendo levadas pelas águas.

Os preços seguem pouco atrativos, por isso são realizados negócios somente onde há necessidade de venda.

Cotações no mercado disponível:
A saca de 60 Kg de soja está cotada: R$ 65,00
O milho está sendo comercializado: R$ 25,00
O trigo está hoje: R$ 35,00

New Agro Commodities, em Passo Fundo, telefone (54) 3601-0515 / 3601-0484

Compartilhe: