NÃO-ME-TOQUE – “Vamos conseguir fazer grandes transformações”, dizem gestores municipais

Gilson dos Santos e Gilson Trennephol, prefeito e vice da Capital da Agricultura de Precisão, destacam primeiros objetivos da gestão

O prefeito de Não-Me-Toque, Gilson dos Santos (DEM), e o vice, Gilson Trennephol (DEM), participaram da programação da Rádio Diário AM 780 na manhã desta sexta-feira (8). Os novos gestores daquele município destacaram que nos primeiros dias no comando da prefeitura estão se ambientando com o andamento das secretarias, mas algumas demandas já estão sendo vistas.

Uma delas está relacionada com vários contratos que a prefeitura tinha com prestadores de serviço, que encerraram em 31 de dezembro de 2020 e que estão sendo revistos.

Na área da saúde, talvez a que mais preocupe neste momento em função da pandemia, prefeito e vice já estão modificando a forma como o atendimento à população no que se refere à Covid-19 está sendo realizado.

“Estamos implementando o kit profilático, que é o tratamento precoce, comprando testes e disponibilizando para os hospitais. Hoje isto é feito através do Estado e demora para o resultado sair, o que cria na pessoa e nas que estão a sua volta ansiedade e preocupação”, destacou Santos.

Para segunda-feira está prevista uma reunião com prefeitos da Associação dos Municípios do Alto Jacuí – AMAJA para definir a logística da vacinação, quando esta for possível.

“Nossa secretária da Saúde está preparando toda a estrutura para quando a vacina chegar possamos estar prontos para imunizar os grupos prioritários e assim evitar internações e restrições mais rígidas. Há maneiras de enfrentar a doença e estamos tomando todas as precauções necessárias”, acrescentou o prefeito.

Tanto Santos quanto Trennephol frisaram que enquanto gestores é preciso ter coragem para todas as decisões quando elas se apresentam.

“Não custa nenhum centavo (tomar decisões), não adianta empurrar as coisas com a barriga. Elas precisam acontecer, quando alguém se dispõe fazer isso como é o nosso caso. Fomos eleitos para representar os anseios da comunidade e com pulse firme”, argumentou o prefeito.

Conhecido pelo sucesso como empresário, Trennephol acrescentou que lideranças como ele, que optam por sair da iniciativa privada e entrar para a gestão pública, têm, grandes chances de alcançar os objetivos.

“As piores decisões são aquelas que você não toma. Estamos preparados para tomar decisões. O empresário tem conhecimento de causa, especialmente quando tem sucesso em seu empreendimento. Quando é assim, e vocês (carazinhenses) estão vendo isso com o Milton, há grande chance de ver este sucesso na iniciativa pública”, comentou.

Questionado sobre a realização da Expodireto Cotrijal, evento que projeta Não-Me-Toque no cenário nacional, o vice-prefeito disse que não vem motivos para que a feira não aconteça em março. Ele disse que a tendência é que parte dela seja realizada de forma virtual, mas o evento será realizado.

“Até lá, quem sabe boa parte da população já estará vacinada, ainda mais agora com a possibilidade que o Governo Federal abriu de adquirir 250 milhões de doses, Não tem porque não fazer a feira. A Expodireto é riqueza, geração de emprego e oportunidades de crescimento para a região”, finalizou.

Diário da Manhã

Compartilhe: