NÃO-ME-TOQUE – Um dia para reaprender a se relacionar

A importância do bom relacionamento, especialmente entre a família, foi o foco principal do Encontro de Mulheres Cotrijal de 2013. Em sua 18ª edição, o encontro reuniu cerca de 2 mil mulheres nesta quinta-feira (3), no Pavilhão da Agricultura Familiar, no Parque da Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque.

O dia, como é habitual, foi marcado por momentos de reflexão, de emoção e também de muita alegria e integração. “A gente não pode perder porque é muito divertido e sempre aprende algo e este ano foi melhor ainda porque tinha muita música”, comenta Ernestina da Cruz Meira, que está 83 anos e faz questão de anualmente participar do encontro, acompanhada da filha Terezinha Meira Schuch e da neta Joice Aparecida Meira Schuch.

O coordenador do evento e gerente de Desenvolvimento Cooperativista da Cotrijal, Enio Schroeder, ressalta que é um desafio grande todos os anos organizar um encontro com tantas mulheres e agradar a todas. “A Cotrijal realiza esse encontro com o maior prazer, porque as mulheres são batalhadoras, guerreiras e motivadas e merecem o nosso aplauso e respeito, pelo que já conquistaram e pela forma como tem contribuído para a evolução da agricultura e a solidez da nossa cooperativa”, afirma.

Para o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, a ampla participação das mulheres, todos os anos, no encontro, demonstra o quanto esse evento é importante. “É uma alegria recebê-las e também uma alegria que possamos, a cada ano, oferecer essa e outras oportunidades para que vocês realmente se sintam donas da sua cooperativa e tenham orgulho de fazer parte da família Cotrijal”, destaca.

A mulher no contexto atual

Com a palestra “Construindo uma nova mulher”, o sociólogo Valdir Reinoldo Bündchen, deu o pontapé inicial par organizar a busca de informação, da importância do papel da mulher contemporânea, no delicado momento da história do país e do mundo, entender com isso o novo momento da família brasileira, e poder assim discutir esse novo papel da mulher, bem como sua importância nesse cenário existente.

Para aprofundar a compreensão da própria mulher no seu novo papel, a palestra abordou três questões: a importância da mulher entender sua singularidade, fazendo busca do autoconhecimento; abordagem e questionamento do seu novo papel na sociedade, no trabalho e na família, e permitir através de uma profunda reflexão, a possibilidade de organização de um caminho novo, um novo projeto de vida.
A vida é de graça

Humor, música, emoção e reflexão. Esses foram alguns dos ingredientes da palestra show de Roselei Luiz Angst e equipe, que motivou as mulheres a refletirem sobre a importância de alguns conceitos e valores, como a família e a fé, provocando-as a reverem seus relacionamentos.
Angst lembrou que a vida é um milagre, dado de graça às pessoas, e precisa ser valorizada. Recomendou que as pessoas voltem a cultuar a simplicidade e a humildade, e que é preciso espalhar amor nos relacionamentos. “Não custa nada e faz muito bem a todos”.

Show e muitos brindes

O 18º Encontro de Mulheres Cotrijal teve ainda muitas outras atrações. Logo após o almoço, realizado no Restaurante e na Praça de Alimentação do Parque da Expodireto Cotrijal, a mezzo-soprano Lysa Zapotoczni, da Escola Notre Dame Aparecida, de Carazinho, encantou todos com seu repertório musical, interpretando Elis Regina, Grupo ABBA e muitos outros.

Ainda teve sorteio de brindes, distribuição de bombons e cada participante recebeu uma agenda 2014 e uma caneta. As aniversariantes do dia e a pessoa com mais idade do encontro também foram homenageadas. “É sempre muito bom”, afirma Alice Bender, de Não-Me-Toque, uma das aniversariantes.

(Assessoria de Comunicação – Cotrijal)

Compartilhe: