NÃO-ME-TOQUE – Técnico da Cotrijal é premiado pela AGL

O assistente técnico da Cotrijal Vilson Weber, 50 anos, tem orgulho do trabalho que realiza junto aos produtores de leite da área de abrangência da cooperativa. Já são quase 30 anos dedicados ao fomento leiteiro e com extremo profissionalismo, comprometimento e humildade. É graças a essa dedicação e respeito conquistado junto aos produtores que ele foi um dos homenageados no domingo, 30, durante solenidade de entrega do Troféu Destaque 2014 da Associação Gaúcha de Laticinistas e Laticínios (AGL). A premiação, que reconhece personalidades que contribuíram para o avanço da cadeia produtiva do leite, ocorreu no Hotel Deville, em Porto Alegre, e foi prestigiada por diversas lideranças políticas e representantes do setor.

“Fico feliz de saber que o meu trabalho contribui para o avanço da cadeia produtiva. Eu venho de família do interior de Não-Me-Toque que sempre lidou com a atividade. Isso me ajuda a entender o dia a dia do produtor e mostrar para ele que é viável sim produzir leite e ter resultados no final do mês”, destacou.

Para Weber, são quatro os pilares que precisam ser levados em conta para se ter êxito na produção leiteira: alimentação, genética, manejo e gestão. “A gestão é algo que ainda poucos fazem com eficiência, mas é de extrema importância. Como que eu vou ter sucesso na atividade se eu não sei quanto gasto por mês para produzir o leite?”, orientou.

Weber recebeu o troféu Mérito Laticinista das mãos do presidente da AGL, Ernesto Krug. Diante de um salão lotado, Krug reforçou a importância de reconhecer pessoas como Weber, que trabalham em prol do crescimento do setor, da qualidade do leite e em levar soluções para o produtor. O evento, que está na sua 11ª edição, já homenageou mais de 200 personalidades, inclusive, o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, em 2009, com o troféu Destaque Empresarial.

(Assessoria de Comunicação da Cotrijal)

Compartilhe: