NÃO-ME-TOQUE – Presidiário é suspeito de liderar crimes no município

No dia 27 de abril, a Polícia Civil de Não-Me-Toque, sob a coordenação do delegado Gerri Adriani Mendes, cumpriu mandado de busca e apreensão em uma das celas da Penitenciária Modulada de Ijuí, com o objetivo de inibir crimes cometidos de dentro do presídio, por meio da internet.

Na ocasião foram apreendidos quatro celulares, carregadores e fones de ouvido. Além disso, foram encontradas anotações em cadernos e folhas avulsas, na mesma cela, que sugerem o cometimento do crime de tráfico de entorpecentes.

O alvo das buscas é investigado pela DP de Não-Me-Toque por integrar e liderar – nesta cidade – uma facção criminosa. Dentre os crimes investigados estão: roubos, receptação, homicídios, tráfico de drogas e estelionato. No momento da incursão na cela, os detentos quebraram os aparelhos telefônicos, no intuito de dificultar a coleta de provas pela investigação.

A Folha

Compartilhe: