NÃO-ME-TOQUE – Impactos do eSocial são debatidos pelas cooperativas gaúchas na Cotrijal

Preocupados em manter as melhores práticas de gestão, os profissionais de recursos humanos das cooperativas do Rio Grande do Sul estiveram reunidos no dia 13 de novembro para debater assuntos relacionados aos setores de segurança do trabalho e departamento pessoal. O encontro foi realizado na sede da Cotrijal, em Não-Me-Toque, com o desenvolvimento de ações voltadas para a interpretação e aplicação das leis trabalhista e previdenciária.

Temas como descanso semanal remunerado, jornada de trabalho, processo de implantação do eSocial e a definição do cronograma de treinamentos e reuniões para 2016 também fizeram parte da pauta. “Voltamos nossa atenção para a troca de experiências, para gerar o entendimento do grupo quanto a aplicação prática das leis trabalhista e previdenciária”, conta César Alberton, coordenador do Departamento Pessoal da Cotrijal.

A Associação dos Profissionais de Recursos Humanos, Setor Pessoal e Sesmt das Cooperativas do Rio Grande do Sul realiza encontros bimestrais (de março a novembro de cada ano) com a participação das cooperativas: Agropan, Coagrisol, Cotribá, Cotriel, Cotrijal, Cotrijuc, Cotripal, Cotrisal, Cotrisoja e CCGL. “Nesse último encontro do ano debatemos muito sobre o eSocial. Embora não se trate de uma nova legislação e garanta mais segurança nos dados transmitidos, o processo de migração e adaptação implicará em desafios para os empregadores”, disse o presidente da associação, Aldino Tonini, colaborador do Departamento Pessoal da Cotribá.

A próxima reunião acontecerá no dia 11 de março de 2016 em Sarandi.

(Assessoria de Comunicação da Cotrijal)

Compartilhe: